Menu

Tietê


Alguem sonhou que a cidade ia afundar
Alguém falou que eu devia me confessar
Me arrepender de toda a sujeira
Que este rio levou pro Brasil

Virar as costas pro mar
Não se pode perdoar
Pecado paulista

Tem dias que tudo desafina
Tem noites que eu não sei cantar
Então vou procurar lá na esquina o mar
Eu vou

Tem dias que tudo desafina
Tem noites que eu não sei cantar
Então vejo surgir na neblina o mar
O mar

Meu coração amarrado a margem do rio
Quer se soltar
Quer rever o que ainda não viu
Navegar pro interior do sonho dos outros
Velas ao vento de fora pra dentro
Pecado paulista

Comentários

comentários