Menu

Brega - Letras e Músicas

Amado Batista

Folha Seca

Fazia um dia bonito quando ela chegou, Trazia no rosto as marcas que o sol queimou, Disse que estava cansada sem lugar para ficar, Tive pena do seu pranto e disse pode entrar. Como se me conhecesse ela me contou, Seu passado de aventura Onde ela passou, E

Banda Calypso

Fala Pra Mim

Fala pra mim, me diz a verdade Que o seu amor por mim acabou Tudo que a gente viveu Que saudade! Tô sentindo a tua falta, meu amor! Por favor liga pra mim Não aguento esperar Porque o meu coração Te chama pra me amar Tudo o que eu te

Waldick Soriano

A carta

Minha querida, saudações Escrevo esta carta Não repare os senões Para dizer o que sinto Longe de ti Amargurando na saudade As horas vividas com felicidade Renunciar seria solução Mas não apagaria de nossas almas Cruel paixão Espero que um dia tudo se consiga E a quem ama não seja negado O direito

Amado Batista

Amar, Amar

Eu sou louco por você Nem preciso lhe falar Eu te quero mais que tudo Basta ver no meu olhar Quero você O seu beijo me enlouquece E me faz estremecer O seu corpo junto ao meu Me leva nas nuvens de prazer Amo você Por isso eu vou voar, voar,

Odair José

A Noite Mais Linda Do Mundo (A Felicidade)

Vamos fazer dessa noite A noite mais linda do mundo Vamos viver nessa noite A vida inteira num segundo Felicidade Não existe O que existe na vida São momentos felizes Vamos fazer dessa noite A noite mais linda do mundo Vamos viver nessa noite A vida inteira num segundo Felicidade Não existe O que existe

Waldick Soriano

Fujo de ti

Que tristeza eu sinto agora Em minha vida Em ver tua boca, unida assim Em outra boca Ao ver teu corpo, seguro assim Por outros braços Fujo de ti porque o ciúme É o meu fracasso Tu me deixaste por um alguém Que não te ama E este alguém, vive contigo Pensando

Banda Calypso

Pout Pourri de Carimbó

(Canto de Carimbó) Em Marapanim Quando a lua se levanta Traz junto com ela o suor da multidão E na amplidão Ressoa forte o pé que levantando o pó do chão Põe no meu coração o carimbó E eu tão só, morena E eu tão só Tomara que tu me

Odair José

Deixe Essa Vergonha De Lado

Eu já sei que essa casa onde você diz morar Onde todo dia no portao eu venho lhe esperar não é a sua casa Eu já sei que o seu quarto fica lá no fundo E se você pudesse fugir desse mundo e nunca mais voltar Eu

Amado Batista

Meu Ex-amor

Eu tive um amor Amor tão bonito Daqueles que matam Com sabor de saudade Meu ex-amor Tem coisas que a gente não esquece Mas você não merece Tanta dor Foi bonito demais Mas eu estou sozinho Fui rico de amor E hoje estou tão só

Banda Calypso

Cumbia do Amor

O amor que sinto por você É o maior e o mais lindo que existe E não há nada pra comparar Dentro e fora do mundo que eu sinto por você O meu coração cheio de paixão Grita teu nome onde quer que eu vá Sonho com

Waldick Soriano

Quem eu quero não me quer

Quem eu quero não me quer Quem me quer mandei embora É por isso que eu não sei O que será de mim agora Passo a noite meditando Revivendo meu castigo No meu quarto de saudade Solidão mora comigo Por onde anda quem me quer Quem não me quer onde

Amado Batista

A Única

Sempre quando eu chego em casa Ela já me espera no portão Finge que esta tranqüila Mas eu posso ouvir seu coração Seu olhar apreensivo quer adivinhar Onde foi que andei Se falo não acredita mas se eu não falo Já me compliquei Eu vivo dizendo a ela Que o

Odair José

Vou Tirar Você Deste Lugar

Eu vou tirar você deste lugar Olha... A primeira vez que eu estive aqui Foi só pra me distrair Eu vim em busca do amor Olha.. Foi então que eu te conheci Naquela noite fria Em seus braços meus problemas esqueci Olha... A segunda vez que eu estive aqui Já não foi

Waldick Soriano

Eu Vou Ter Sempre Você

Você Jamais saberá Querida A falta que você faz em mim meu coração se nega a pensar em outro alguem ele nao quer que eu seja de mais ninguem até o fim dos meus dias eu vou ter sempre você comigo naõ adianta eu querer mentir e por onde eu andar voce vai estar nas noites

Banda Calypso

Imagino

Imagino, nós dois na mesma cama Te imagino, dizendo que me ama Imagino o teu corpo sobre o meu E me lembro do calor dos braços teus Imagino minha boca Procurando feito louca por você Na hora do prazer E tudo isso já ficou guardado Pra sempre dentro dos

Odair José

Não Chore

Não chore Se eu não fui bom pra você Juro que foi sem querer Eu não queria magoar Perdoa esse meu jeito de amar Com é que eu pude deixar Que você fosse me abandonar Esqueça tudo que aconteceu Você é minha, eu sou teu Você não pode negar Não pode Tudo

Amado Batista

Princesa

Ao te ver pela primeira vez Eu tremi todo Uma coisa tomou conta Do meu coração Com esse olhar meigo De menina Me fez nascer no peito Esta paixão E agora não durmo direito Pensando em você Lembrando seus olhos bonitos Perdidos nos meus Que vontade louca Que eu tenho De tê-la comigo Calar sua boca

Banda Calypso

Maridos e Esposas

Quantas vezes nem ouviu Quantas vezes te falei Da falta que você me faz Na minha vida Quantas vezes me negou Seu abraço seu calor Depois que a gente Se casou veio a rotina Quantas vezes tive Ataques de paixão E me declarei Mas foi tudo em vão Maridos e esposas Não são diferentes De

Waldick Soriano

Vestida de Branco

Peço a Deus que seja logo O nosso juramento Peço a Deus que seja logo O nosso casamento Quero ver-te na capela Toda vestida de branco Carregar-te nos meus braços É o que eu desejo tanto Quero ver senhor vigário Enlaçar as nossas vidas Consagrar o nosso amor Peço a Deus que

Amado Batista

Peão de Obra

Alô povo do Brasil Quero falar pra vocês Sou da construção civil Faço parte do Brasil Mas tem gente que não vê Dou um duro, faço massa E trabalho pra valer Mas tenho fé na oração Que essa vida de peão Se Deus quiser eu vou crescer Eu estava la na

Odair José

Que Saudade de Você

Está fazendo tanto tempo que eu não te vejo Você não imagina como eu ando triste Mas qualquer dia desses a gente se encontra Pra falar do passado e do que ainda existe Que saudade de você! Que saudade de você! Às vezes eu me lembro das

Waldick Soriano

Perdoa-me Pelo Bem Que Te Quero

perdoa pelo bem que te quero.. perdoa por fazer te infeliz.. se o distino que roubou meus pensamentos tus a flor.. eu sou destino perdido no coração.. perdoa pelo bem que te quero perdoa por fazer te infeliz.. perdoa este ser apaixonado este ser desesperado que na vida teve fim.... perdoa.. bis

Banda Calypso

Saudade

Tava em casa pensando em nós dois Fiz uma viagem, voltei no tempo Quando percebi que já foi Deu arrependimento Se não fosse tão tarde pra gente voltar Sim é orgulho, eu confesso, iria ate lá Eu queria somente uma noite contigo outra vez E te dar o

Odair José

Planta sem raiz

Não chore, não pense Eu estou aqui E daqui não saio Sem você Hoje eu sei O que ontem passei Longe sem te ver Só agora eu fui Compreender Que sem você Sou planta sem raiz Veja que a saudade Superou toda maldade Vem comigo ser feliz E pra começar Eu já terminei De pensar nos dias De

Amado Batista

Secretária (Assédio Sexual)

Ela chega tão meiga e tão bela Puxa as cortinas e abre a janela Sempre com a mesma delicadeza E depois na sua sala ao lado Atende o telefone e anota os recados E coloca sobre minha mesa Está sempre muito sorridente Trata bem todos meus clientes Para ela

Banda Calypso

Passe de Mágica

Até parece que foi ontem que eu te conheci amor E num passe de mágica entraste pro meu mundo Você bem que podia ter um pouco mais de atenção E manter bem fechada as portas do seu coração Até parece que foi ontem que eu

Waldick Soriano

Carente de Amor

Estou carente de amor, preciso tanto de você. Estou morrendo de saudades, eu não consigo lhe esquecer. O nosso amor é tão bonito e nós vivemos separados. Seu lugar está vazio, sem você eu sinto frio, o seu lugar é ao meu lado. Vem, eu estou tão sozinho, sem amor, sem

Amado Batista

Olhos Verdes

Esses olhos verdes Que olham pra mim Enfeitam seu rosto E me deixam assim Mas esses olhos verdes Que olham pra mim Amanhã tão distante Tão longe de mim Mas esses olhos verdes Que tanto me atraem Me sinto contigo Criança de novo Menino de mais Esse olhar tão verde Que tanto seduz Não sei se

Odair José

Esta Noite Você Vai Ter Que Ser Minha

Quero ver no seu rosto o meu sorriso alegre Quero esquecer da vida pra viver o amor Lá fora a chuva está caindo e não vai parar Minha vida pode ter fim Quando o dia chegar Não precisa dizer nada pra não se arrepender Tem certos momentos

Waldick Soriano

Alma de Boêmio

A minha sorte foi tirana e a desdita Me faz sofrer por amar quem não me quer Isto acontece para o homem que acredita Que existe amor no coração de uma mulher Por mais que eu queira esquecer o meu passado Meu sofrimento é viver pensando

Banda Calypso

Pra Me Conquistar

Tudo começou naquela festa Você me tirou para dançar Senti teu corpo no meu colado meu corpo no teu suado Me deixei por te levar Envolvida no som dessa dança Sei que você vai me conquistar Mexe, remexe, seu corpo dança Mexe, remexe e balança Quero ver tu balançar Pra

Odair José

Na Minha Opinião

Na minha opinião, pra gente ser feliz Pra que fique tudo bem O importante é se entender É preciso ter coragem Pra acabar com esta besteira Fazer festa na esperança Que o amor dure a vida inteira Na minha opinião O importante é se querer Assinar papel pra que Isso não

Amado Batista

Seresteiro Das Noites

Existem momentos na vida Que lembramos até morrer Passados tão tristes no amor Que ninguém consegue esquecer Carrego uma triste lembrança De um bem que jurou me amar Está presa em meu pensamento E o tempo não vai apagar (Fui seresteiro das noites Cantei vendo o alvorecer Molhado com os pingos

Banda Calypso

Disse Adeus

Disse adeus E nem me deu um tempo para explicar Eu pude ver o brilho daquele olhar Que você iria me deixar de vez Disse adeus E eu sai correndo no meio da rua Gritando e implorando quase toda nua Você e o meu homem não me deixe

Waldick Soriano

O Moço Pobre

Um moço pobre como eu não deve amar E nem tão pouco alimentar sonhos de amor O mundo é só de quem tem muito pra gastar Um moço pobre como eu não tem valor Renunciar é solução que encontrei Devo apagar do pensamento aquele amor Devo esquecer

Amado Batista

Chance

Quero Te dizer baixinho Com todo carinho O que sinto por ti Espero Uma chance sua Nesta noite de lua Ter você aqui E quando esta chance chegar Eu vou me apossar do seu coração Nesta hora nem quero pensar Só quero tocar o seu corpo com as mãos

Odair José

Eu, Você E A Praça

Encostei o meu carro na praça E você, um tanto sem graça, Sorriu pra mim Sem querer eu olhei em seus olhos Sem saber segurei suas mãos E começou assim Um longo silêncio entre nós A sua presença calou minha voz Tanta coisa eu tinha guardado Pra lhe dizer Mas não

Banda Calypso

Pará Belém

Anda vem ver vem cá vem cá pro meu Pará Vem pra você ficar de água na boca Vem ver Dedê tocar Beto lambadiar Chimbinha guitarriar, que coisa louca! Mistura de raça, dá loira, dá índia, morena Meu povo vem ver as coisas do meu Pará A minha cidade

Odair José

O Filho De José e Maria

Maria e José se amaram e um lindo menino nasceu Depois eles dois brigaram e o menino sofreu Maria seguiu seu caminho, José voltou pra Belém E o pobre menino sozinho sofreu mais que ninguém Seis meses na casa da mãe, seis meses na casa

Amado Batista

Sou Igualzinho a Você

Todo dia a mesma coisa Tudo era sempre igual De repente ali na rua Num encontro casual Você perguntou as horas Meio sem jeito no olhar Dei um toque na tua mão Começamos conversar Falei dos meus sentimentos Que estavam presos por dentro Eu queria só um minuto lhe falar Se essa

Banda Calypso

Dudu

Eu quero ficar com você Eu quero ser tua paixão Dudu, só você não vê Magôa o meu coração...(2x) Dudu (Dudu) Dudu (Ah! meu Dudu) Dudu (Dudu) Dudu (Ah! meu Dudu)...(2x) Um amor assim igual ao meu Você jamais vai encontrar Amar Dudu como eu te amo Eu sei que ninguém Vai te

Waldick Soriano

Angústia

Angústia, De esperar por ti, Tormento, De esperar-te, amor Angústia De não beijar-te mais Tristeza De não escutar-te a voz Não poderei esquecer Nossas noites junto ao mar Contigo Se foi a ilusão Angústia Feriu meu coração

Amado Batista

O Julgamento

Silêncio que o réu tem algo a dizer em sua defesa... Sempre quando eu voltava para o lar Ela ia me esperar toda a tarde no portão. E no abraço me beijando com ternura Me apertava com loucura provocando a emoção O nosso quarto se enchia

Odair José

Boca a Boca

Foi assim Que aconteceu a nossa história de amor Era domingo de sol e calor Eu fui para o clube beber e cantar Bem ali, deitada na grama Tomando um sol Bequíni enrolado igual caracol Eu vi uma linda mulher bronzear Fiquei louco Que coisa gostosa e tão feminina Perdi a

Banda Calypso

Minha Princesa

No meu camarim Eu agradeci a Deus Que mandou pra mim O maior dos sonhos meus Muito prazer... Te conhecer Pequena flor, Você brotou De um verdadeiro amor Já posso ver... Em seu olhar O sol que brilha Te amo filha, dá vontade de gritar Seja bem-vinda ao mundo Pequenina princesa Dorme indefesa Minhas mãos vão te

Waldick Soriano

Torturas de Amor

Hoje que a noite está calma E que minh'alma esperava por ti Apareceste afinal Torturando este ser que te adora Volta fica comigo Só mais uma noite Quero viver junto a ti Volta meu amor Fica comigo não me desprezes A noite é nossa E o meu amor pertence a ti Hoje

Amado Batista

Serenata

Ah! como eu queria Voltar ao passado Cantar com meus amigos Pra você fazer serenata Nas madrugadas vazias De sereno meu violão molhado Eu cantava em sua janela Eu era o seu namorado A lua descia do céu Eu cantando você acordava Com os olhos cheios de amor Abria a janela e

Banda Calypso

Luz de Deus

Joelma: Mim, eu te amo muitão! Yasmin: Eu também mamãe! Joelma: Filha quando estou distante de você Sinto muitas vezes que me falta o chão Sempre peço para Deus te proteger Que não solte nunca, nunca a tua mão Fico Muitas vezes em silêncio à refletir Sobre a angústia

Waldick Soriano

Minha Última Serenata

Amigo, beba comigo Quero brindar aqui minha desgraça Amigo, hoje talvez Seja minha última serenata Amigo, hoje é meu dia Já não suporto esta grande dor Amigo, é muito triste Amar alguém ser ter direito deste amor Amigo, fui enganado Ela jurou me pertencer por toda vida Mas tudo não passou

Amado Batista

Não Quero Falar Com Ela

Se ela ligar outra vez Diga que eu não estou Invente uma história qualquer Diz que arranjei outro amor Se ela ligar outra vez Pode dizer que eu saí Mas se ela insistir e voltar a ligar Pode dizer que eu morri Mas se ela insistir e voltar a

Odair José

Cadeira de rodas

Sentada na porta em sua cadeira de rodas ficava Seus olhos tão lindos sem ter alegria tão triste chorava Mas quando eu passava a sua tristeza chegava ao fim Sua boca pequena no mesmo instante sorria pra mim Aquela menina era a felicidade que eu tanto

Banda Calypso

Como Uma Virgem

Alô posso falar não tem ninguém com você se ela estiver por aí diga amor que foi engano só liguei pra te dizer que o que você fez comigo me deixou quase maluca de amor desesperada, completamente apaixonada vem me ver (x2) Você fez amor como ninguém fez comigo e mostrou o

Waldick Soriano

Eu Nao Sou Cachorro Não

Eu não sou cachorro, não Pra viver tão humilhado Eu não sou cachorro, não Para ser tão desprezado Tu não sabes compreender Quem te ama, quem te adora Tu só sabes maltratar-me E por isso eu vou embora. A pior coisa do mundo É amar sendo enganado Quem despreza um grande

Amado Batista

O Fruto Do Nosso Amor (Amor Perfeito)

Amor perfeito existia entre nós dois Sem esperar que depois fosse tudo se acabar Mas neste mundo que o perfeito não tem vida Não merecemos, querida, viver juntos e amar Nosso senhor para sempre te levou Nem ao menos me deixou o fruto do nosso amor Aquele

Odair José

Cadê Você?

O tempo vai O tempo vem A vida passa E eu sem ninguém Cadê você? Que nunca mais apareceu aqui Que não voltou pra me fazer sorrir Que nem ligou Cadê você? Que nunca mais apareceu aqui Que não voltou pra me fazer sorrir Então, cadê você? Mas não faz mal Pois eu me

Waldick Soriano

Minha Despedida

Vou partir para distante Vou viver pensando em ti Vou morrendo de saudade Ai quem me dera poder ficar aqui Vem chorar aqui comigo Eu quero chorar contigo A dor da separação Vou partir tu vais ficar Vou sofrer pra suportar Esta dor, esta paixão Nem que a luz do céu

Amado Batista

Venha Até Aqui

Ando pelas avenidas Onde tantas vezes nós dois passeamos Por entre os carros que passam Eu desesperado vou te procurando Vejo altos edifícios Muitos coloridos, e gente a correr Mais entre o povo que passa eu não vejo você Se estás me ouvindo agora Venha até aqui (2 Vezes) Paro de

Odair José

Minhas Coisas

As minhas coisas de repente estão tristes Compreenderam que não existe nada mais entre nos Meu violão caiu de cima do armario Suas cordas arrebentaram dando adeus a minha voz O meu casaco com voce se acostumou sentiu tanto a sua falta que de tristeza

Banda Calypso

Canto de Atravessar

O pescador quer beber Vai beber no Guajará Vento no bote, força no remo, Canto de atravessar O pescador quer beber Vai beber no Guajará Vento no bote, força no remo Canto de atravessar Sentir a força do vento que vem do norte Levantei peguei o bote Naveguei pra Gapuiá Tava tão

Waldick Soriano

Paixão De Um Homem

Amigo, Por favor, leve essa carta E entregue àquela ingrata E diga como estou Com os olhos rasos d'água E o coração cheio de mágoa Estou morrendo de amor Amigo, Eu queria estar presente Para ver o que ela sente Quando alguém fala em meu nome Eu não sei se ela me

Amado Batista

Menininha Meu Amor

Eu não consigo esquecer de você Tem sido muito difícil pra mim Diga porque? Me deixou tão sozinho Menininha, meu amor Menininha, meu amor Escrever cartas eu já escrevi Mandar recados também já mandei Quero morrer se você tiver outro Menininha, meu amor Menininha, meu amor A solidão vai acabar comigo Se

Odair José

Não Se Vá

não se vá, eu já não posso suportar essa minha vida de amargura; não se vá, estou partindo porque sei que você já não mais me ama. não se vá, o seu ciúme é o culpado dessa minha desventura; não se vá, o nosso amor não é mais

Waldick Soriano

Eu também sou gente

Amanha eu vou embora Vou por esse mundo afora Procurar um grande amor Todo mundo neste mundo Tem direito a ser feliz Por que eu não sou Nem que eu morra de tristeza Nem que eu morra de saudade Vou sumir deste lugar Deve haver alguém no mundo Esperando como eu Um

Amado Batista

Desisto

Rosto que beijei... Corpo que abracei... Olhos de fazer sonhar... São coisas que eu... Não posso esquecer... Mas pretendo abandonar... Juras que ouvi... Frases que escrevi... Pra enfeitar nossa ilusão... Não importam mais... Ficam para trás... Talvez em seu coração... {Bis} Tudo que cantei... Que já lhe mostrei... Faz parte de uma canção... Que eu quis compor... Porém

Odair José

Tentei Te Esquecer

Tentei te esquecer Mas não vejo saída Não sei tirar você de tudo Que eu tenho na minha vida. (2x) Eu vejo teu rosto em cada pessoa que passa na rua Em todos lugares, em todos os bares no brilho da lua Meus olhos procuram achar seu

Banda Calypso

Doce Mel

Você tem um brilho no olhar Que me deixa louca Hipnotizada, sem pensar To me sentindo boba Você tem sabor de hortelã Com gosto refrescante. Eu fico pensando em você A todo instante Doce mel, doce mel. Você colocou em minha boca. Doce mel. doce mel. Despertando essa paixão louca Você tem um

Waldick Soriano

Dama de Vermelho

Garçom, olhe pelo espelho A dama de vermelho Que vai se levantar. Note que até a orquestra Fica toda em festa Quando ela sai para dançar. Essa dama já me pertenceu E o culpado fui eu da separação. Hoje eu choro de ciúme, Ciúme até do perfume Que ela deixa no

Amado Batista

Lista de Compras

Que saudade daqueles tempos Tempos que não voltam mais Eu era um garotinho, seu namoradinho Amigo de seus pais E hoje já estou crescido Sou o seu marido, és minha mulher Acabou-se a alegria Brigar todo dia é o que você quer Se trabalho até mais tarde E chego cansado

Odair José

Eu Vou Tirar Você Desse Lugar

Olha, a primeira vez que eu estive aqui Foi só pra me distrair Eu vim em busca do amor Olha, foi então que eu lhe conheci Naquela noite fria Em seus braços, meus problemas esqueci Olha, a segunda vez que eu estive aqui Já não foi pra distrair Eu

Waldick Soriano

Carta De Amor

Querida... É com os olhos rasos d'água E chorando de saudades Que lhe escrevo essa cartinha Quanto tempo separados Sem ter notícias suas E sem dar notícias minhas Querida... Vou vivendo a minha vida Com a alma tão ferida Lutando contra a sorte Para ser feliz contigo Contra tudo e contra todos Lutarei até

Banda Calypso

A Lua Me Traiu

Parece até conto de fadas Mas assim aconteceu Éramos dois apaixonados Julieta e Romeu Naquela noite encantada Pedi pra lua dos amantes Que iluminasse essa hora Pra esse amor eternizar Mas num passe de mágica Você desapareceu Um eclipse maldito O encanto se perdeu E o meu coração partido Foi sofrendo e foi sofrendo Tentando

Odair José

Cristo, Quem É Você?

Na sexta-feira Santa, eu lhe procurei Fui na sua casa, mas lá não lhe encontrei. Saindo pela rua, falei com tanta gente E dentro desse povo, você vive presente. Minha mãe dizia, "Filho pode esperar Ele um dia volta e o mundo vai salvar." Pra onde você

Banda Calypso

Eu te Agradeço Senhor

Em minha oração Senhor Hoje eu não vou pedir Só quero agradecer Eu te agradeço por tudo Por me aliviar a dor E me ajudar a seguir E me fazer crescer E abrir meus olhos pro mundo Por cada dia Por cada vez que eu me refaço Pelo o aconchego de um

Waldick Soriano

Perfume de Gardênia

Perfume de gardênia Tem em tua boca Eu vivo embrigado Na luz do teu olhar Teu riso é uma rima De amor e poesia Macios teus cabelos Qual ondas sobre o mar Teu corpo é uma cópia De Vênus e provocas Inveja nas mulheres Quando te vêem passar Até mesmo entre as flores Tu

Amado Batista

Carta Sobre a Mesa (part. Leonardo)

Deixe-me renascer Viver e crescer E morrer em paz A nossa estrada era tão larga Já não existe mais Você era a vida A esposa e amiga A minha namorada Você era na cama, minha prenda e dama Antes daquela carta Que você me escreveu Deixou sobre a mesa E desapareceu Que você me

Odair José

Uma Vida Só (Pare de Tomar a Pílula)

Já nem sei há quanto tempo Nossa vida é uma vida só E nada mais Nossos dias vão passando E você sempre deixando Tudo pra depois Todo dia a gente ama Mais você não quer deixar nascer O fruto desse amor Não entende que é preciso Ter alguém em nossa vida Seja

Waldick Soriano

Meu coração está de luto

Hoje esta fazendo um ano Que eu assisti seu casamento Hoje esta fazendo um ano Que deixaste minha vida O rosário de tormento O meu coração esta de luto Hoje esta fazendo um ano Que por ti vivo sofrendo De que me deste o desengano Tenho medo de morrer Dói demais

Banda Calypso

Dançando Calypso

Chega pra cá meu bem, que eu vou te ensinar A nossa dança do estado do pará, É o calypso que chegou para ficar Nesse swing você também vai entrar Mexa o pézinho e vai soltando todo o corpo de vez Depois me abraça com carinho

Odair José

Nunca mais

Nunca mais Eu agora sou bem diferente Não se assustem e nem se preocupem Sou o mesmo de antigamente Só que agora nada mais me encuca Encontrei uma pessoa amiga Ensinando as coisas boas da vida E os meus traumas fui deixando pra trás E o meu passado não