Menu

I - Letras e Músicas

Israel Subirá

Me Leva Pra Casa

Como pode me amar, Deus? Conhecendo o meu pecado Sabendo o que eu faço de errado Como pode me amar assim? Como pode me amar, Deus? Sabendo que eu sou falho E que o meu coração já não bate Mais como já bateu Como pode me amar, Deus? Sabendo que

Igreja Monte Sião

Grande Eu Sou

Deus, Rei meu Não há outro além de ti Outra voz que me faça andar Escolho te pertencer Grande eu sou, tua justiça e perdão Aliviam os corações com chuvas de paz Escrita está tua verdade sobre nós Nada nos afastará do teu querer Majestoso Pai O teu trono jamais

Itagon

Estado da Graça

A cidade morreu A fumaça cobre o rio marginal A escuridão se apossou do vendaval Que soprava no meu quintal A rua chorou por não ter mais sentido A calçada gritou clamando por mais um amigo Somente para passear E de mãos dadas dançar A ponte sofreu Por de cima

Igreja Monte Sião

Meu Lugar É Aqui

De coração pra coração Faço dos meus dias, ofertas de amor Meus olhos não te deixam Permanecem em ti, na tua beleza Meu lábios não se cansam De dizer o quanto, o quanto eu te amo Em ti, meu refúgio, em ti toda esperança Em ti, meu destino,

Igreja Monte Sião

Brilhante Rei

Brilhante rei do universo, suas vestes enchem o templo Diamantes de fogo em teus olhos Envolves-me intensamente E como não confiar em teu amor? Quando tudo que existe, vem de ti Glorioso, poderoso, invencível tu és Amoroso, tão amigo, meu coração te quer Meu coração te quer Meu coração

Itagon

Moldura

Um quadro Emoldurado com coisas do passado Mal feito Por mim e por meus erros Restauração é tudo que ele precisa Recomeçar Pelas mãos do verdadeiro artista Pintura abstrata de tudo Com traços sem sentido nenhum Minha vida é pintura de traços imperfeitos Basta você olhar o que eu vivi e

Igreja Monte Sião

O Meu Coração É Teu

Eu cantarei com os anjos, uma nova canção E seguirei o caminho do teu coração Saciarei minha sede, nos teus rios de amor E buscarei o teu rosto onde quer que for Eu te amo mais que tudo, corro para ti Não há outro que me

Igreja Monte Sião

Mar de Graça

Cada gota do teu sangue derramado Abriu caminho até a ti A alegria que estava prometida Te deu força até o fim Cada gota do teu rio de alegria Escorre pra dentro de mim Dando esperança, vida e cores Aos teus pés me encontro aqui Vejo os teus olhos

Itagon

Asas

Quero ser luz na escuridão Quero salgar fora do sal Sim eu quero Eu quero ser bem mais de ti E muito menos de mim Sim eu quero Eu quero parar de te magoar De te fazer chorar Meu amor Eu quero ter asas pra chegar Ao teu colo e me

Igreja Monte Sião

Pai Das Luzes

As mão que sustentam tudo Seguram meu coração Um carrossel de cores E cinza em mim Na tempestade eu encontrei Os teus olhos de paz E a tua canção mais uma vez Me fez dançar, me fez dançar E a tua voz, e a tua voz Sopra verdade sobre mim E

Igreja Monte Sião

Jesus Meu Noivo (feat. Zoe Lilly)

Desejo cantar de volta A canção que me conquistou Procuro as palavras Que me disse quando me achou E tudo me leva de volta Aos pés daquela cruz E tudo me faz ver o valor Do poder daquela cruz Jesus meu noivo Minha adoração é o nardo que derramo Minha paixão

Itagon

Alforria

Você palpitou e não quis ver O que passou te fez entender Que você na verdade não era quem queria ser Você não é ninguém O teatro encheu, o ego inflou Cortina abriu e você sobrou E o que te restou foram holofotes de gloria Um drink a

Igreja Monte Sião

Céus Abertos

Eu escuto a urgência do teu coração Eu escuto o clamor que há anos chama por nós Uma noiva que carrega a bandeira do amor E em seu rosto está a face daquele vem Eis-me aqui, eu irei até o fim Eis-me aqui, eu irei até

Igreja Monte Sião

Quão Grande Amor

Quão grande amor Quão imenso és Criador mais que perfeito Criador mais que perfeito Tu és Aleluia, Aleluia Aleluia, Aleluia

Itagon

Sonhar Viver

A liberdade do sorriso voou em paz Gritou a esperança Luz que jamais se apaga Clareia a minh'alma E enche-me de alegria E eu pouso em seu reino Desfaz a noite do meu pensar Não sobrevivo, vivo Na paz viver Da voz viver Sonhar me torna real Buscar viver Encontrar O viver Sonhar me

Igreja Monte Sião

Glória

A voz que acalmou os mares Me chama para andar, me chama para andar Me deu um novo nome Um coração capaz de amar, um coração capaz de amar Glória, glória ao rei do meu coração Dono da minha afeição, Jesus Glória, glória ao rei que venceu

Igreja Monte Sião

Quem é como o Senhor

Os reinos deste mundo Se prostram e te adoram Teu trono está firmado Em majestade e poder, Jesus! Quem é como senhor? Quem é como senhor? Eterno rei! Aleluia, Aleluia! Aleluia, Tu és o Rei Aleluia, Aleluia ao Rei Eu cantarei a canção que os anjos cantam Adorarei, Àquele que vive e

Itagon

Farol

Se só Tu tens palavras de vida eterna Reconheço que não passo do pó E entendo que preciso de Ti Se só Tu tens agradável vontade Então tira todo rumo que é meu O tempo passou sem eu mesmo perceber Seja o meu farol a me guiar Na

Igreja Monte Sião

Ouço Os Teus Passos

Ouço os teus passos que me encontram Ao entardecer neste jardim Gentilmente sigo a tua fragrância Me aproximo assim de ti Teu sorriso me aguarda Os teus olhos me procuram Vez após vez, vez após vez Teu sorriso me aguarda Os teus olhos me procuram Vez após vez, vez após

Igreja Monte Sião

Lindo Rei

Teu amor me atingiu Penetrou, conquistou meu coração Gerou-se um som dentro de mim Despertado por uma linda paixão Uu Uh Uh Com amor profundo Tua glória veio Mudou meu mundo Lindo Rei, eu jamais te deixarei Lindo Rei, custe o que custar Nunca chegará perto do que és

Itagon

Encontro

Minha falhas exclamam quem sou Só mais um mero pecador Ferindo meu ego Desfaleço em amor Vivo imerso em tua graça E nada depende de mim Preciso de Ti pra iluminar Então me leve ao Teu encontro Onde eu posso me lançar Em Teus braços e lembrar Que sou de carne

Igreja Monte Sião

Som do Avivamento

Há poder, poder Aqui nessa hora, agora Todos nós juntos e unidos Em um só coração ôôô Ouço o som dos céus ôôô Um vento poderoso ôôô O som do avivamento Deus, faz teu fogo queimar No meu coração, no meu coração São teus filhos e filhas Sonhando os sonhos do

Igreja Monte Sião

Sinto o Vento

Sinto o vento a soprar em minha direção Tua brisa em meu rosto, tua brisa em meu rosto Escuto as águas descendo, grande rio de vida Direto ao meu coração, direto ao meu coração Glória, glória, glória vem! Mostra-me os teus caminhos E faz-me os teus olhos Entre

Itagon

Folha

Como uma folha seca eu era Como a estrada que espera Como a onda que quebra Por muito tempo eu andei Sem você perto de mim Por muito tempo me esqueci Do que o Senhor fez por mim Mas o Teu amor queimou em mim Tua graça me alcançou Mas

Igreja Monte Sião

Com Fogo em Teus Olhos

Com fogo em Teus olhos Consigo enxergar Um amor furioso, mas gentil Um amor furioso, mas gentil E quando me envolves O mar se acalma Me surpreendes com Tua paz Me surpreendes com Tua paz Pra onde eu posso me ausentar Da tua poderosa mão Se só tu tens as palavras

Igreja Monte Sião

Salmo 23

O Senhor é o meu pastor, em Ti sou satisfeito Leva-me as águas tranquilas, refrigera a minha alma No vale escuro da morte, seguras em minhas mãos E na mais alta montanha, ao meu lado sempre estás Levas-me para sentar à tua mesa Com banquete cheio

Itagon

Nu Vindo, Vou

Preciso me localizar nesse mundo perdido Onde a aliança empoeirada prevalece Onde o amor escorre perante a dor Me alva mais uma vez Me faço holocausto sem tua misericórdia E o que me domina impede de andar Solfejas a direção Me livra de mim, me leva daqui Orvalho de

Igreja Monte Sião

Aba Pai

Tua beleza é insondável Glorioso é o Teu nome Justiça e retidão São a base do teu trono Rei maravilhoso Vestido de glória De honra e poder, tu és lindo Em tua presença há vida Em teu abraço há paz Pai de amor Teu coração é o meu tesouro A tua face

Igreja Monte Sião

Nunca Vai Parar a Canção

De todo o universo tua voz soou Dizendo o meu nome, uma canção de amor Maravilhosamente você me formou Da lama e do pó me fez Antes que eu fosse Já era em teus sonhos Da matéria informe Tua voz me fez Nunca vai a parar a canção Que criou

Igreja Monte Sião

Quem é Este

Quem é este que carregou minha cruz até o fim sem desistir? De quem são estas mãos e pés que foram perfurados por mim, por mim? Jesus, Lindo, Rei do meu coração Cristo, Santo, dono da minha vida Quem é este que vem cavalgando com

Itagon

Incerto

Deve ser a pressa De viver tudo que quero Ao mesmo tempo Sofro novamente No mesmo choro Olho pra mim Como será que pode meu Deus Eu ser assim Pra onde vou? De onde eu vim? Quero aprender a descansar em ti Regredindo assim No arremesso louco de insanidade Luta escassa De mente, coração e