Menu

Fernando e Sorocaba - Letras e Músicas

Fernando e Sorocaba

Luzes de São Paulo

E se juntar Todas as luzes de São Paulo Dos prédios e dos carros Ainda não vai dar Nem a metade do que eu sinto aqui Tenta somar E se for pouco o resultado Junta todos os estados E ainda conta o mar Será que agora dá? E aí? Cê tá duvidando

Fernando e Sorocaba

Livre

Vamos girar, girar Até o dia clarear A vida é muito curta, não vou parar Aumenta o som da camionete poe no 12 sem ter dó Toca um Tião Carreiro um Chitãozinho e Xororó Sou metade santo, outra metade malandragem Estiloso na fazenda e selvagem na cidade Esse

Fernando e Sorocaba

Madri

Que saudade, amor Estou sabendo que aí na Espanha tudo é lindo Você me deixou E aqui dentro o meu coração ficou partido Nessa cidade, não vou mais sorrir Que bom seria Se São Paulo fosse do lado de Madri No puedo más mi corazón Tá doendo aqui na

Fernando e Sorocaba

Fica Comigo (part. Marcos e Belutti)

Se é pra mostrar que é mais forte Você tem que brincar com meus sentimentos Eu só lamento por você, você tem muito que aprender Um grande amor não é questão de sorte E pode ser que você nunca note Que eu faço tudo por você,

Fernando e Sorocaba

Gaveta

Quando a praia se esquecer do mar E o mar desistir das ondas As ondas vão se acalmar E aos poucos vão deixar a prancha Nesse dia eu vou te esquecer Quando a prancha esquecer dos pés E os pés não deixarem pegadas Pegadas não serão vestígios De alguém

Fernando e Sorocaba

Paga Pau

Você diz que não me ama, você diz que não me quer Mas fica pagando pau, qual é que é Todo dia seu teatro é exatamente igual Você finge que me odeia, mas no fundo paga pau Ela é atriz, ela faz cena, ela mete

Fernando e Sorocaba

Casa Branca

Sabe aquela casa branca No final da rua Se você quiser Ela pode ser só minha e sua Se nem tudo for perfeito Quando morarmos juntos A gente se beija no meio da briga No final a gente ri de tudo É só olhar pra mim E me dizer sim,

Fernando e Sorocaba

Everest (part. Luan Santana)

Eu vou contar meu segredo Falar pro mundo inteiro Tatuar seu nome Roubar o seu beijo Porque eu te amo sem medo Quer saber Faço de tudo pra te merecer Quer saber O impossível é pouco pra você Vou escalar o Everest com uma mão só Atravessar o oceano em um

Fernando e Sorocaba

Dez Pras Seis (part. Felipe Duran)

Hey! Eu preciso te dizer, vou tentar Te sequestrar até ver o sol nascer Hey! eu não paro de pensar num violão Num vinho eu e você sozinhos ao luar Eu te pego as dez pras seis Vou no meu opala sete três Não precisa ter tanta

Fernando e Sorocaba

É Tenso

É meu defeito, eu bebo mesmo Beijo mesmo, pego mesmo E no outro dia nem me lembro É tenso demais! Beijar: eu gosto Beber: adoro Qualquer lugar pra mim tá bom Qualquer paixão me diverte Tem farra, tô pronto! Se é festa, me chama! Sou sem frescura e sem limites O problema

Fernando e Sorocaba

O Que Cê Vai Fazer

O que cê vai fazer quando ele não tiver mais vinte e poucos anos? O que cê vai fazer quando acabar esse desejo insano? E quando perceber que o jeito dele já não bate mais com o seu? Tava tão na cara que ele

Fernando e Sorocaba

As Mina Pira

Dá balão no namorado Desliga o celular Pode vim, vem festar Tá tudo programado no apê do Guarujá Hoje não vai prestar O churrascão vai comer solto A "champa" não pode faltar Liga pra quatro ou cinco amigas Traz o biquíni Que hoje o Sol tá de rachar As mina pira,

Fernando e Sorocaba

Previsão do Tempo

A previsão do tempo diz que hoje à noite Vai fazer três graus E amanhã o dia inteiro vai ficar chuvoso Eu vi no jornal E eu tava pensando Se você não fosse fazer nada Será que você não queria Vir aqui pra casa? Eu alugava um filme bom Pra

Fernando e Sorocaba

Da Cor do Pecado

Corpo moreno, sarado, gostoso Da cor do pecado Me deixa maluco, me deixa pirado Ela é demais, demais Corpo moreno, sarado, gostoso Da cor do pecado Me deixa maluco, me deixa pirado Ela é demais, demais Falei pra ela que o lugar dela é do meu lado Mostrei pra ela

Fernando e Sorocaba

Deixa Falar

Deixa falar (deixa falar) Todo dia lá em casa rola uma festinha E a mulherada pira e o povo se indigna Que em plena segunda-feira eu tô na piscina Junto com as topzinhas Junto com as topzinhas Eu não me importo com o que o povo fala Não

Fernando e Sorocaba

Juliana

Ela é linda Ela é tudo que eu queria Ela entrou no coração Olhos claros Que me envolve de magia E me deixa sem ação Não há lugar Que quero estar Se eu não tiver você (Refrão) Me abrace Não vá embora Eu te quero toda hora aaaaaaaa Oh Juliana Me dê a mão Me segure Que

Fernando e Sorocaba

Bala de Prata

Criminosa Não posso olhar dentro do seu olhar Bala de prata acerta pra matar Virei seu refém e não quero escapar Bandida Você atirou em minha direção E acertou bem no meu coração Minha vida ficou na palma de suas mãos Hoje cedo acordei, mas sei lá Uma coisa diferente

Fernando e Sorocaba

Notícia Boa

Tô sabendo que cê tá solteira Ô noticia boa Que ex safado, se vinga dele Vem! Desconta na minha boca Entrei no seu perfil Não tem foto com ele Ué, cadê? E parou de seguir nas redes sociais Ué, por quê? Será que é o que eu tô pensando Eu já

Fernando e Sorocaba

Eu e Você

Horas vão passando Dias, meses, anos E o que era nada vai virando relação Desde que eu te vi Daquela noite abri a porta da sala de estar do coração Te conhecer valeu, me completou, preencheu O espaço em mim que era do tamanho seu Se tudo tem

Fernando e Sorocaba

Até o Final

No começo eu tentava te fazer me amar Mas agora estamos juntos e posso confessar Eu não gosto de cinema, eu não sei cozinhar Nunca fui tão cavalheiro, jurei nunca casar A carta que mandei não fui eu que escrevi E o poema que te recitei