Menu

Flávio Venturini - Letras e Músicas

Flávio Venturini

Todo Azul do Mar

Foi assim, como ver o mar A primeira vez que meus olhos se viram no seu olhar Não tive a intenção de me apaixonar Mera distração e já era momento de se gostar Quando eu dei por mim nem tentei fugir Do visgo que me prendeu

Flávio Venturini

Princesa

Vale tentar viver Tudo de mais Você me faz descobrir O dom de iluminar Tudo que for sentir Deve durar De tanto a luz, expandir Aprender,conhecer, revelar Sim,princesa sou quem vai chegar Na chuva da montanha vem se molhar Sempre, pra sempre sou por seu querer Estrela cintilante vem me valer Vale dizer

Flávio Venturini

Clube da Esquina II

Porque se chamava moço Também se chamava estrada Viagem de ventania Nem lembra se olhou pra trás Ao primeiro passo, aço, aço.... Porque se chamava homem Também se chamavam sonhos E sonhos não envelhecem Em meio a tantos gases lacrimogênios Ficam calmos, calmos, calmos E lá se vai mais um dia E basta

Flávio Venturini

Planeta Sonho

Aqui ninguém mais ficará depois do sol No final será o que não sei, mas será Tudo demais Nem o bem nem o mal Só o brilho calmo dessa luz O planeta calma será terra O planeta sonho será terra, E lá no fim daquele mar A minha estrela

Flávio Venturini

Noites Com Sol

Ouvi dizer que são milagres Noites com sol Mas hoje eu sei não são miragens Noites com sol Posso entender o que diz a rosa Ao rouxinol Peço um amor que me conceda Noites com sol Onde só tem o breu Vem me trazer o sol Vem me trazer amor Pode abrir

Flávio Venturini

Trem Azul

Coisas que a gente se esquece de dizer Frases que o vento vem as vezes me lembrar Coisas que ficaram muito tempo por dizer Na canção do vento não se cansam de voar Você pega o trem azul O sol na cabeça O sol pega o trem

Flávio Venturini

Espanhola

Por tantas vezes Eu andei mentindo Só por não poder Te ver chorando Te amo espanhola Te amo espanhola Se for chorar Te amo Sempre assim Cai a o dia e é assim Cai a noite e é assim Essa lua sobre mim Essa fruta sobre o meu paladar Nunca mais Quero ver você me

Flávio Venturini

Quando Você Chegou

Ven ... to leva a minha voz E vê se encontra O meu amor Na ... da faz sentido Nesse mundo sem o seu amor Me sinto assim Meio sem ru ... mo Viajo no meu disco voador Te procurei no oceano E quase que eu me entrego À solidão Voa passa

Flávio Venturini

Céu de Santo Amaro

Olho para o céu Tantas estrelas dizendo da imensidão Do universo em nós A força desse amor Nos invadiu... Com ela veio a paz, toda beleza de sentir Que para sempre uma estrela vai dizer Simplesmente amo você... Meu amor.. Vou lhe dizer Quero você Com a alegria de um pássaro Em busca

Flávio Venturini

Máquina do Tempo

Finjo não saber que o tempo passa logo Finjo pra tentar conter a minha dor Finjo não notar, mas toda noite choro Choro de saudades do que já se foi Ah, que bom seria se o tempo voltasse Pra fazer tudo de novo, meu amor! É como

Flávio Venturini

Paisagem da Janela

Da janela lateral Do quarto de dormir Vejo uma igreja, um sinal de glória Vejo um muro branco e um vôo pássaro Vejo uma grade, um velho sinal Mensageiro natural De coisas naturais Quando eu falava dessas cores mórbidas Quando eu falava desses homens sórdidos Quando eu falava desse temporal Você

Flávio Venturini

Criaturas da Noite

As criaturas da noite Um vôo calmo e pequeno Procuram luz aonde secar Peso de tanto sereno Os habitantes da noite Passam na minha varanda São viajantes querendo chegar Antes dos raios de sol Eu te espero chegar Vendo os bichos sozinho na noite Distração de quem quer esquecer O seu próprio

Flávio Venturini

Nascente

Clareia manhã O sol vai esconder a clara estrela ardente Pérola do céu refletindo teus olhos A luz do dia a contemplar teu corpo sedento Louco de prazer e desejos ardentes Clareia manhã O sol vai esconder a clara estrela ardente Pérola do céu refletindo teus olhos A luz

Flávio Venturini

Beija – Flor

O que faz o beija - flor Ter vontade de voar? Vai e diz ao meu amor O que viu do meu penar Vai dizer ao meu grande amor Que eu sempre vôo tão só Diz também para o meu amor É só voltar, beija - flor O que

Flávio Venturini

Prenda Minha

Vou-me embora Vou-me embora Prenda minha Tenho muito que fazer... Tenho de ir para o rodeio Prenda minha No campo do bem querer...(2x) Noite escura Noite escura Prenda minha Toda noite me atentou... Quando foi de madrugada Prenda minha Foi-se embora e me deixou...(2x) Troncos secos deram frutos Prenda minha Coração reverdeceu... Riu-se a própria natureza Prenda minha No dia

Flávio Venturini

Nuvens

Nuvens Vão as nuvens As imagens que eu guardei pra mim Nuvens claras, sentimentos Transparentes ondas de emoção Ondas Som das ondas Carruagens pelo mar sem fim São viagens, são momentos Que passaram e que não passarão As minhas canções inacabadas Vão ficar como folhas no vento Cruzes na beira da estrada Quando cessar

Flávio Venturini

Pra Lembrar De Nós

O meu coração tá deserto Sem você por perto Eu fico assim Se em cada porto Eu te espero Esperança doce Que mora em mim Quisera te dizer O quanto que eu sofri Todo esse tempo Vou buscar o meu amor Eu vou correndo Se eu puder tocar o céu Alcançar o fim do

Flávio Venturini

Belo Horizonte

Como vai BH? Ouve a voz da montanha Como vai? Sei de cor meu lugar Belo horizonte Quando cai a tarde em meu coração Liberdade a praça das paixões Se distante a saudade quer chegar Quem feriu a linda serra do curral Luz da lua apareceu Como se fosse sonho meu Como

Flávio Venturini

Linda Juventude

Zabelê, zumbi, besouro, vespa fabricando mel Guardo teu tesouro, jóia marrom, raça como nossa cor Nossa linda juventude, página de um livro bom Canta que te quero cais e calor, claro como o sol raiou Claro como o sol raiou Maravilha, juventude, pobre de mim, pobre

Flávio Venturini

Sol de Primavera

Quando entrar setembro E a boa nova andar nos campos Quero ver brotar o perdão Onde a gente plantou Juntos outra vez... Já sonhamos juntos Semeando as canções no vento Quero ver crescer nossa voz No que falta sonhar... Já choramos muito Muitos se perderam no caminho Mesmo assim não custa inventar Uma