Menu

João Neto e Frederico - Letras e Músicas

João Neto e Frederico

Cê Acredita (part. MC Kevinho)

Tá virada há dois dias e não vai dormir Bateu quinta-feira ela já quer sair Nem passou o grau, ela quer rebater Já anda chamando a ressaca de rê Solteira, ela comanda as amigas da zoeira E já que ela tá me olhando a noite inteira Kevin

João Neto e Frederico

É Por Você Que Canto

Quanto mais o tempo passa Mais eu gosto de você Esse seu jeito de me abraçar Esse seu jeito de olhar pra mim Foi que fez com que eu gostasse logo de você tanto assim É por você que canto Quanto mais você me abraça Mais eu quero

João Neto e Frederico

Saudade do Caramba

A mão no copo e o cotovelo no balcão Pedi a senha do wi-fi pro Seu João Até tentei, não consegui me segurar Me deu vontade de saber como ela tá Cada foto que eu olho É uma dose que eu tomo Eu dou um gole e

João Neto e Frederico

Presto Pouco

Eu arrumei um lancinho, certinho Que me dá carinho, é gente boa Mas não me aguentou Meu celular toda hora tocando, vibrando Os amigos me chamando Já sabem que eu vou Eu não me acho Elas que estão procurando Whatsapp tá bombando, estourei no Instagram Tava marcado um cinema Deu problema,

João Neto e Frederico

Te Amo e Nada Mais

Teus olhos O teu jeito, a sua voz fala baixinho em meu ouvido São teus dedos, o teu toque O teu suspiro que não sai do pensamento Eu sei que não resisto Eu já conheço suas manhas e manias Já não vale o seu disfarce A gente fica

João Neto e Frederico

Minha Herança

Seis horas da manhã Vi despertar o Sol Sozinho nesse quarto, lágrimas no meu lençol Lembranças vêm e vão Me aquecem sem querer São a minha herança, o que restou de você Me olho no espelho, meu cabelo E os meus olhos trazem você pra mim E eu não

João Neto e Frederico

Chorou Na Escadaria

Fez quinze graus ontem, estava frio lá fora Cê não me procurou e eu não fui te procurar A insônia me fez companhia a noite toda Fiquei olhando as nossas fotos no meu celular Você não sabia Que na balada a saudade não paga portaria Que ilusão

João Neto e Frederico

Crime Perfeito

Não adiantou trancar a minha porta Entrou pela janela E me fez prisioneiro das vontades dela Fiquei de mãos atadas Não pude impedir Depois saiu levando o que tinha mais valor E nessa correria esqueceu do amor Da saudade Me pegou desprevenido Eu nunca suspeitaria Meu mundo desabando inteiro em menos

João Neto e Frederico

Clichê (part. Jorge & Mateus)

Criei canções e melodias pra te conquistar, Em cada verso, poesia pra me declarar. Mas só palavras não vão traduzir o que é Te olhar nos olhos e te ver sorrir. E se eu parecer um bobo você pode rir, É que esse seu jeito manhoso

João Neto e Frederico

Majestade o Sábia

Meus pensamentos tomam forma e eu viajo Eu vou prá onde Deus quiser Um video tape que dentro de mim Retrata todo meu inconsciente De maneira natural Ah! tô indo agora prá um lugar todinho meu Quero uma rede preguiçosa pra deitar Em minha volta sinfonia de pardais Cantando

João Neto e Frederico

Não Tô Valendo Nada (part. Henrique & Juliano)

Logo hoje que eu saí com a minha namorada Pra fazer uma média com ela na balada Essa menina também resolveu sair de casa Toda produzida, a mais top da galáxia Tá tirando onda, rebolando na minha frente De saia curtinha, sorriso indecente Ela é gostosa, só

João Neto e Frederico

Eu Quero Te Namorar

Nem precisa me pedir Para eu te olhar e sorrir Você me deixa assim meio na contramão Acho que isso é amor Ou seja lá o que for Dói aqui dentro de mim Machuca Meu Coração O que faço pra te agradar? Não sei mais ficar um minuto sem

João Neto e Frederico

Tá Combinado

Tá pra nascer alguém que me prenda e me faça mudar Vai se acostumando, é meu jeito de amar É que sou viciado num rabo de saia Não adianta fazer cara feia, emburrar Fala sério, não sou de ninguém E não pense que eu vou te

João Neto e Frederico

Moda Derramada

Se o seu plano era me ver sofrer Cê ta de parabéns Ele ta dando certo Eu já tô no boteco E não paro de beber Não desejo o que tô passando pra ninguém Nem meu melhor amigo, bebe mais comigo Cansou de ouvir sobre você A mesma conversa

João Neto e Frederico

Bobeia Pra Ver (part. Naiara Azevedo)

Vou começar dando um conselho Que eu podia vender Aquelas que foram trocadas Mas não sabem por quê Senta que lá vem história Que eu vou contar pra vocês Cê não saía da rotina A amiga saía Cê não bebia com ele A amiga bebia Tudo que cê não fazia A amiga

João Neto e Frederico

À Sua Vista

Penso em você é quase uma oração Ao nosso amor minha religião Que eu sigo à risca Mesmo quando não estou à sua vista O dia todo o tempo inteiro Ouço tua voz sinto teu cheiro Canto pra você Minha amada minha coisa mais bonita Eu conto as horas

João Neto e Frederico

Lê Lê Lê

Em plena sexta feira Fui tentar me distrair Chegando na balada Toda linda eu te vi Você no camarote E eu rodado no pedaço Caçando um jeitinho De invadir o seu espaço Não tenho grana Não tenho fama Não tenho carro Tô de carona O meu cartão Foi bloqueado E o meu limite Tá estourado Sou simples Mas

João Neto e Frederico

Pagode Em Brasilia

Quem tem mulher que namora Quem tem burro empacador Quem tem a roça no mato me chama Que jeito eu dou Eu tiro a roça do mato sua lavoura melhora E o burro empacador eu corto ele na espora E a mulher namoradeira pode vim que nós

João Neto e Frederico

Pega Fogo, Cabaré

Mas pega fogo cabaré Hoje eu não arredo o pé Pode vir que eu to no ponto Só filé...só filé Se a mulherada é de primeira Fico até segunda feira Bebo até ficar tonto Vou cair numa gandaia Atrás de um rabo de saia De hoje sei que não passa Sexta-feira

João Neto e Frederico

Ele Não Vai Mudar

Por quê? Será que é tão difícil perceber que você está sofrendo? Você está sempre se esforçando e ele não tá vendo Que ainda alimenta esperança que ele vai mudar Ele não vai mudar Lembra de quantas vezes ficou esperando ele pro jantar? Nas conversas vazias que