Menu

João Paulo e Daniel - Letras e Músicas

João Paulo e Daniel

A Loira do Carro Branco

Viajando solitário Mergulhado na tristeza Numa curva da estrada Eu tive uma surpresa Uma loira encantadora Bonita por natureza Me pediu uma carona Eu atendi com destreza Sentou bem pertinho de mim Com muita delicadeza O meu carro foi o trono, Eu passei a ser o dono Da rainha da beleza Foi o dia

João Paulo e Daniel

Só eu e você

Não sei se é de noite, não sei se é de dia Não sei das notícias, nem quero saber O mundo inteiro pra mim nesse instante, sou eu e você Me abraça, me beija , me morde, me ama E a gente arrebenta de tanto

João Paulo e Daniel

Estou Apaixonado

Uh! Laiá êh oh! Uh! Uh! Uh! Uh! Laiá êh oh! Quero beber o mel de sua boca Como se fosse uma abelha rainha Quero escrever na areia sua história Junto com a minha E no acorde doce da guitarra Tocar as notas do meu pensamento E em cada verso

João Paulo e Daniel

Rosto Molhado

Enxugue o rosto meu amor não chore não Rosto molhado pra você não fica bem Teu novo amor lhe maltrata o coração Teu sofrimento só me faz sofrer também Faça de conta que teu pranto derramado São gotas d'agua do oceano da ilusão Todas caídas do azul

João Paulo e Daniel

Hoje Eu Sei

Outra vez eu cheguei tarde E te encontro acordada E me olha com desejo Mas não me pergunta nada Trago o cheiro de outro alguem E o sono de outra cama Mas me abraça com ternura e jura que me ama... Tenho te esquecido tanto Dos lugares onde andei Ja

João Paulo e Daniel

O Cheiro Dela

O vento trouxe de longe o cheiro excitante O cheiro dela Entrou pela janela dentro desse apartamento O cheiro dela Essência de paixão, pura sedução O cheiro dela Aquele cheiro vicioso, suave e gostoso O cheiro dela Cheiro de flor, cheiro de amor, me deixa louco Meu coração é só

João Paulo e Daniel

Que Dure Para Sempre

Você está aí sozinha Eu também estou sozinho Então vamos juntar Quem sabe entre um sorriso e outro A gente se afiniza E começa a gostar Você está muito carente E já não aguenta tanta solidão Eu preciso carregar a pilha do meu coração Nós dois não temos rabo preso Você

João Paulo e Daniel

Cuida de Mim

Outra vez cheguei tarde Você quer saber por onde andei Quase morto de saudade Meu amor pra você eu guardei Meu coração Carregado de amor Tendo que se ausentar Abatido só pensa em voltar Se estou longe daqui Não importa o prazer Seduzido só penso em você Então se solta Faça o que

João Paulo e Daniel

Minha Estrela Perdida

Você vai rir Quando eu pedir Pra me fazer Mais um favor Deixe eu sonhar Acreditar Mais uma vez Num grande amor Mente que eu finjo que acredito no seu coração Conta uma mentira pra minha paixão Diz que ainda sou o que você mais quis Mente que eu sou um sonho

João Paulo e Daniel

Poeira Da Estrada

Levantei a tampa voltei ao passado Meu mundo guardado dentro de um baú Encontrei no fundo todo empoeirado O meu velho laço bom de couro cru Me vi no arreio do meu alazão Berrante na mão no meio da boiada Abracei meu laço velho companheiro Bateu a saudade,veio

João Paulo e Daniel

Desejo de Amar

Foi sem querer Que derramei toda emoção Undererê que cerquei seu coração Me machuquei te feri Não entendi undererê Como dói a solidão não não não não não não Agora estou sozinho Precisando de você, e você não esta Por perto para poder me ajudar A estrada dessa vida está

João Paulo e Daniel

Apaixonado Por Você

Às vezes eu começo a imaginar E chego a perguntar pro coração O que é que a gente faz com uma amizade que tá virando paixão Uma vontade louca de falar Mas sem saber por onde começar Torcendo pra que ela mesma descubra no meu jeito

João Paulo e Daniel

Você Só Me Faz Feliz

É nesse sonho, que eu me encontro Eu não resisto, entrego os pontos Você me toca, é diferente Nada sufoca, o amor da gente Se eu me transformo em rio Você é cachoeira Se eu me transformo em serra Você é a ribanceira Se eu me transformo em noite

João Paulo e Daniel

Aos Trancos e Barrancos

Se ela te perguntar como é que eu estou Diga que estou sozinho, arrasado, Sofrendo morrendo de amor Soluçando em prantos Aos trancos e barrancos Eu tento levar minha vida sem ela Não sei até quando eu posso aguentar Ela tem que saber como estou na verdade Assim talvez

João Paulo e Daniel

Alguém

Alguém, eu preciso ter alguém, alguém.. que me faça ser feliz Alguém, pra ficar junto de mim, alguém.. que me queira amar também De noite se a chuva cair eu quero deitar e dormir Nos braços do amor que souber navegar no meu peito E

João Paulo e Daniel

Eu Me Amarrei

Eu me amarrei Eu me amarrei Eu me amarrei No seu coração Eu me amarrei Eu me amarrei Eu me amarrei Tô amarrado Nessa paixão Ela me agarra Num chamêgo tão gostoso O meu corpo pega fogo É demais essa mulher Chora a sanfona E eu aqui grudado nela A noite inteira um rela rela E é

João Paulo e Daniel

Dia de Visita

Minha vida nesta cela é olhar pela janela, e esperar No Domingo lá vem ela caminhando sempre bela, me consolar Traz noticia da cidade onde explica essa verdade, eu lhe perdi Foi um crime sem motivos dois ou três aperitivos, eu estou aqui Aqueles olhos

João Paulo e Daniel

Ela Tem o Dom de Me Fazer Chorar

Deus, hoje eu vim aqui Pra falar de mim, Do meu coração Deus, veja a minha dor Meu sonho de amor Me deixou sozinho Deus, tentei perdoar E desabafar, minha solidão Deus, já tentei mudar, Mas só sei voltar Pro mesmo caminho Deus, ela me pegou Com suas mentiras Promessas de amor Deus, veja como

João Paulo e Daniel

Olhos claros

Já faz mais de vinte anos que fui preso Estou pagando por um crime que eu cometi Olhos verdes são ternura me levaram a loucura E por isso estou aqui, Alguém vive lá de fora contando minuto e hora Para me ver em liberdade, Esse alguém não

João Paulo e Daniel

Só Dá Você Na Minha Vida

Hoje cedo eu chorei Acordei com você na cabeça Não peça pra que eu te esqueça Pois, tudo no mundo me lembra você Hoje cedo tocou A canção que você mais gostava Parece que você estava comigo E por isso liguei pra você Eu tentei, eu lutei, fiz o