Menu

Jorge Vercillo - Letras e Músicas

Jorge Vercillo

Ela Une Todas As Coisas

Ela une todas as coisas Como eu poderia explicar Um doce mistério de rio Com a transparência de um mar Ela une todas as coisas Quantos elementos vão lá? Sentimento fundo de água Com toda leveza do ar Ela está em todas as coisas Até no vazio que me dá Quando

Jorge Vercillo

Fênix

Eu! Prisioneiro meu Descobri no brêu Uma constelação... Céus! Conheci os céus Pelos olhos seus Véu de contemplação... Deus! Condenado eu fui A forjar o amor No aço do rancor E a transpor as leis Mesquinhas dos mortais... Vou! Entre a redenção E o esplendor De por você viver... Sim! Quis sair de mim Esquecer quem sou E respirar por ti E assim

Jorge Vercillo

Monalisa

É incrível Nada desvia o destino Hoje tudo faz sentido E ainda há tanto a aprender E a vida tão generosa comigo Veio de amigo a amigo Me apresentar a você Paralisa com seu olhar Monalisa Seu quase rir ilumina Tudo ao redor, minha vida Ai de mim, me conduza Junto a você

Jorge Vercillo

Signo de Ar

Anda, Manda e desmanda num beijo Por onde passa, encanta O seu sobrenome é desejo Por você o sol se levanta Me tira do sono e do sério Sopra no ouvido esse mantra Seu andar me deixa aéreo Seu sorriso faz verão Signo de ar Que mistério envolve O seu caminhar? Abre as

Jorge Vercillo

Final Feliz

Chega de fingir Eu não tenho nada a esconder Agora é pra valer, haja o que houver Não tô nem aí Eu não tô nem aqui pro que dizem Eu quero é ser feliz, e viver pra ti Pode me abraçar sem medo Pode encostar tua mão na

Jorge Vercillo

Talismã Sem Par

Oi, só queria te dizer Foi tão bom te conhecer Eu nem sei como explicar É como se eu pudesse ver O que há dentro de você Chegou pra me completar Já no início dá pra ver Que eu preciso de você Como ar pra respirar Se um do outro

Jorge Vercillo

Que Nem Maré

Faz um tempão Que eu não dou trégua Ao meu coração É você o meu lugar Quando tudo Por um fio está Nada vai me fazer Desistir do amor Nada vai me fazer Desistir de voltar Todo dia pro seu calor Nada vai me levar do amor Nada vai me fazer Desistir do amor Nada

Jorge Vercillo

Me Transformo Em Luar

Investir o tempo em você É um lucro absurdo de vida e prazer Cultivar o brilho em seu olhar É a coisa mais bela que eu posso querer Me transformo em luar Pra saber dos seus pensamentos na beira do mar Eu não penso em mais ninguém O

Jorge Vercillo

Homem Aranha

Eu adoro andar no abismo Numa noite viril de perseguição Saltando entre os edifícios Vi você!... Em poder de um fugitivo Que cercado pela polícia Te fez refém Lá nos precipícios Foi paixão à primeira vista... Me joguei de onde o céu arranha Te salvando com a minha teia Prazer! Me chamam de

Jorge Vercillo

Penso em Ti

Eu queria não sentir essa saudade Que me faz perder o sono e querer mais, mais, mais Eu queria segurança e liberdade Mas agora só contigo eu fico em paz, paz, paz É a mente que anuncia quando o coração nos trai Abre as asas, alça

Jorge Vercillo

Coisas Que Eu Sei

Eu quero ficar perto De tudo que acho certo Até o dia em que eu Mudar de opinião A minha experiência Meu pacto com a ciência Meu conhecimento É minha distração Coisas que eu sei Eu adivinho Sem ninguém ter me contado Coisas que eu sei O meu rádio relógio Mostra o tempo errado Aperte

Jorge Vercillo

Leve

Levitar dos colibris Graciosamente breve Como pode tão feliz? Censurar, ninguém se atreve, baby Não precisam inventar Qualquer coisa que me eleve Basta teu sorriso pra dispensar Asa-delta e ultra-leve Se carece de definição: Me sinto leve Céu azul na bolha de sabão que o vento leve Como folha, o coração Ao

Jorge Vercillo

Ciclo

Eu não sei o que me domina E mesmo assim não penso em me livrar Num fascínio de alma gêmea Você em mim constrói o seu lugar O amor se fez me levando além onde ninguém mais Criou raiz, ancorou de vez, fez de mim seu

Jorge Vercillo

Fácil de Entender

Eu não sou mais o mesmo sem você Mas não é tudo que tenho a falar Eu apenas queria me esconder Hoje sei que ferir foi calar. As pessoas tem medo de se abrir E acabarem se machucando. Eu levei tanto tempo pra falar Mas agora estou tentando. É

Jorge Vercillo

Melhor Lugar

Se fosse por mim Eu ficava Mas vê como tudo lá fora mudou O tempo passou Feito um louco Quebrando as vidraças E a gente ficou Aqui, sem ter nem pra onde ir, Por medo ou preguiça Aqui, ilhados por nós Sequer rastreados por nenhum radar Aqui parecia ser o melhor lugar Quem

Jorge Vercillo

Papel Machê

Cores do mar, festa do sol Vida é fazer Todo o sonho brilhar Ser feliz No teu colo dormir E depois acordar Sendo o seu colorido Brinquedo de papel machê Dormir no teu colo É tornar a nascer Violeta e azul Outro ser Luz do querer Não vai desbotar Lilás cor do mar Seda cor de

Jorge Vercillo

Encontro das Águas

Sem querer te perdi tentando te encontrar Por te amar demais sofri, amor Me senti traído e traidor Fui cruel sem saber que entre o bem e o mal Deus criou um laço forte, um nó E quem viverá um lado só? A paixão veio assim afluente

Jorge Vercillo

Pode Ser

Já me acostumei na insegurança De quem não quer sofrer A paixão certeira que nos alcança Quem poderá prever A profundidade e o envolvimento Não dá pra controlar A longevidade do sentimento Só o tempo dirá Pode ser uma nova ilusão Pode ser esse meu coração Ou será o amor, ou

Jorge Vercillo

Sensível Demais

Hoje eu tive medo de acordar de um sonho lindo Garantir, reter, guardar essa esperança Ando em paraísos, descaminhos, precipícios Ao seu lado eu vejo que ainda sou uma criança Sensível demais, eu sou um alguém que chora Por qualquer lembrança de nós dois Sensível demais, você

Jorge Vercillo

Avesso

Nós já temos encontro marcado Eu só não sei quando Se daqui a dois dias Se daqui a mil anos Com dois canos pra mim apontados Ousaria te olhar, ousaria te ver Num insuspeitavel bar, pra decência não nos ver Perigoso é te amar, doloroso querer Somos homens pra