Menu

Katinguelê - Letras e Músicas

Katinguelê

Lua vai

Lua vai, iluminar os pensamentos dela fala pra ela que sem ela eu não vivo viver sem ela é o meu pior castigo. Vai dizer, Que se ela for eu vou sentir saudades Dos velhos tempos que a felicidade Reinava em nossos pensamentos, Lua Lua vai, iluminar os pensamentos dela fala pra

Katinguelê

Bem No Íntimo

Só pra te conhecer Eu pude acreditar E até me acostumei Com o amor, com a dor Que eu tinha pra dar Mas você foi tão cruel (cruel) Não me deixou falar (falar) Nem revelar de vez o amor (amor) Que eu tinha pra dar (Você não soube me entender) Eu

Katinguelê

Inaraí

Seu corpo é o mar Por onde quero navegar E no meu colo te ninar Sua bôca tem um beijo Tão gostoso de provar Cada vez mais quero beijar... No seu cabelo um cheiro bom Que fica pelo ar Tão dôce é o perfume De você Inara... Inara é minha vida Meu

Katinguelê

Por Amor part. Belo

POR AMOR Valtinho Jota / Luiz Perin / Diguinho Participação Especial: Belo Belo eu acordei pensando em te ligar Precisava conversar Só confio em você e mais ninguém Eu já te contei daquele amor que eu Guardo aqui e o quanto eu sofri Acabei fugindo pro meu próprio bem Só

Katinguelê

No Compasso do Criador

Ao teu lado eu sou criança Nosso amor é feito um rio E a gente navegando nele Deságua dentro da paixão Nossos barcos são as nossas emoções Nosso amor é feito um vinho Destilando nos corações O nosso amor é infinito É tudo que a gente quiser Basta eu ser

Katinguelê

Só Mesmo o Teu Amor

Não posso mais negar Pois a dor não sucumbiu ao tempo Ao contrário o tormento desde o teu adeus Só se fez aumentar Bem que eu tentei tirar O teu nome do meu pensamento Mas algo aqui dentro chama por você, não posso relutar Só mesmo o teu

Katinguelê

Cilada

Êh mulher! Me comovi com sua história Após se perder na vida Tão decidida Querendo se encontrar Sem ninguém prá acreditar.. Êh mulher! No início foi meu lado humano Fui aos poucos me entregando Me apaixonando Então foi prá valer Que eu te fiz meu bem querer... Mas de repente eu vi Que só

Katinguelê

Fecha Comigo (part. Sampa Crew)

Eu senti tanta saudade de você Tanta vontade de te ver Mais não vou te enganar Hoje eu acordei disposto a mudar Não tá certo esse lance entre nós três Sei lá o que o destino fez Não faz parte de mim Enganar alguém eu nunca fui assim To

Katinguelê

Ainda Resta Uma Bagagem

Quando O temporal passar Tudo normalizar Podemos conversar Ouvir Tua voz ecoar Um raio iluminar Nós dois Quando você sentir saudades, pra me amar Quando você tiver coragem, vem me procurar Quando você sentir vontade, de beijar Vem, amor amor Entre nós resta uma bagagem, pra levar De desejos prazeres de verdade, vem me

Katinguelê

Essa Menina

Eu tenho vivido tantas coisas Que não dá tempo pra gente se curtir Mas quando lembro dos nosso bons momentos Me dá saudade quero logo te encontrar Pra gente matar a saudade E ver que um nasceu pro outro Falar coisas de amor no teu ouvido Eu quero te

Katinguelê

Corpo Lúcido

Como é difícil Entender porque Partiu sem me falar nada Nem bilhete prá dizer Êh! Êh!... Vou andar De encontro ao vento Oh! Oh! Oh! Vou remar contra a maré Pode ter tanto perigo O que eu quero É tentar de novo Pode até, pode até Me deixar desalentado Mas quero ter Teu corpo lúcido Ah! Ah! Minha

Katinguelê

Se Deus Quiser

Não se mexa Fica parada Quero guardar essa imagem na memoria O teu sorriso, é troféu de uma vitoria. É intenso, emocionante Agente faz amor e eu perco o juízo Nossos beijos, terminam sempre num sorriso... Nem me lembro da vida antes de você Eu levei tanto tempo pra

Katinguelê

Liberdade Sonhada

A lua Carregando as andorinhas vem me dizer liberdade E me invade a tremenda vontade de gritar Vivendo atrás das grades Meu amor pode me esquecer O vento sopra meus olhos na janela Passageiros esperam na linha do metrô Minha única visão não há mais coração Me desfaço em

Katinguelê

Pra Gente Matar a Saudade

Eu tenho vivido tantas coisas Que não dá tempo pra gente se curtir Mas quando lembro dos nossos bons momentos Me dá saudade quero logo te encontrar Pra gente matar a saudade E ver que um nasceu pro outro Falar coisas de amor no teu ouvido Eu quero

Katinguelê

Engraçadinha

Linda de viver, que gracinha, minha tentação Conhecer você, trouxe vida à minha inspiração Pra te ver cantar, dizer nessa canção Que eu me apaixonei, me entreguei de paixão Vivo a te olhar, pra chamar sua atenção Mas minha timidez não me deixou coragem de chegar Pra

Katinguelê

Feitiço no Cais

Sei que você em minha mente Está presente ao lado meu Aconteceu tão de repente Você pensar que o amor morreu Usou feitiço demais me aprisionou no cais Quis ancorar a quem te pertenceu Usou feitiço demais me aprisionou no cais Quis ancorar a quem te pertenceu Foi caso

Katinguelê

Recado à Minha Amada

Lua vai! Iluminar os pensamentos dela Fala prá ela Que sem ela eu não vivo Viver sem ela É o meu pior castigo... Vá dizer! Que se ela for Eu vou sentir saudades Dos velhos tempos Que a felicidade Reinava em nossos Pensamentos, Lua!... Lua vai! (Lua vai!) Iluminar os pensamentos dela (Fala prá ela!) Fala prá

Katinguelê

Deusa ou Menina

Essa deusa menina que me alucina Surgiu dos contos de areia Essa mesma mulher que me tem quando quer Tem um fogo que me incendeia Aos olhos da minha paixão, que bem me quer És parte do meu coração Será que seus olhos não vêem O que sinto

Katinguelê

Mundo dos Sonhos

Você não sabe mas eu te procuro há muito sonhos Eu sou romântico e acredito em sonhos sim Quando se quer alguém que ama de verdade Deseja só felicidade E o mundo inteiro sonha com você Passei as noites a te procurar pela cidade Em cada rosto

Katinguelê

Remanso

Eu ouço brisa leve para nós à noite É demais perceber Que o amor que eu lhe tenho Que me envolve e me toca E me faz Às vezes fazer coisas tolas À toa Coisas tolas demais O flerte faz lançar um sorriso no ar Até que o moço pare