Menu

Ludmila Ferber - Letras e Músicas

Ludmila Ferber

Nunca Pare de Lutar

O que vem pra tentar ferir O valente de Deus Em meio às suas guerras? Que ataque é capaz De fazê-lo olhar pra trás E querer desistir? Que terrível arma é Usada pra tentar paralisar sua fé? Cansaço, desânimo Logo após uma vitória A mistura de um desgaste com um contra-ataque

Ludmila Ferber

O Verdadeiro Amor

Eu não tenho medo de fracassar Eu não tenho medo de não vencer Eu não tenho medo de ser Eu não tenho medo de não tentar Eu não tenho medo de não romper Eu não tenho medo de ser O verdadeiro amor lança fora todo medo O verdadeiro

Ludmila Ferber

Os Sonhos De Deus

Se tentaram matar os teus sonhos Sufocando o teu coração Se lançaram você numa cova E ferido perdeu a visão Não desista, não pare de crer Os sonhos de Deus jamais vão morrer Não desista não pare de lutar Não pare de adorar Levanta os teus olhos e vê Deus

Ludmila Ferber

Recebe a Cura

Se tentaram matar os teus sonhos Sufocando o teu coração Se lançaram você numa cova E ferido, perdeu a visão Se tentaram matar os teus sonhos Sufocando o teu coração Se lançaram você numa cova E ferido, perdeu a visão Não desista, não pare de crer Os sonhos de Deus

Ludmila Ferber

O Perdão

Acima do bem e do mal Reina o Amor, vive o perdão Perdão revelado na cruz do Calvário Naquele que foi oprimido e humilhado Em meu lugar Perdão para ter as feridas curadas Perdão liberado sem mágoas Me faz livre pra adorar É preciso ceder para ganhar É preciso lutar

Ludmila Ferber

Aguenta Firme

Aguenta firme, não desista Continue a lutar As crises e as dores acontecem Mas chega uma hora Aonde elas têm seu fim Se você não desistir É pra mim inspiração Pra também permanecer Fiel e firme Eu tô contando contigo Deus tá contando com a gente O céu inteiro se move Pra ver

Ludmila Ferber

Alta Madrugada

Alta madrugada vai, já estou deitado, mas Ouço Deus me chamar Sua voz suave é como um sussurro Ouço Deus me chamar Meu coração se aperta, eu ando tão cansado Tenho trabalhado tanto Meu coração se aperta ao ouvi-Lo me chamando me chamando me chamando, me chamando, me

Ludmila Ferber

Sopra, Espírito

Sopra Espírito de Deus neste lugar Com teu poder e tua graça vem avivar Sopra Espírito de Deus neste lugar Com teu poder e tua graça vem avivar Sobre o vale de ossos secos Faz um exército se levantar Sobre as feridas não tratadas Vem restaurar e curar Sopra

Ludmila Ferber

Eu Te Escolhi

Eu te escolhi e te remi. Eu curei tuas feridas e te fortaleci. Quando não havia uma esperança Te chamei olha para o céu. Assim como não dá para contar tantas estrelas, Infinitamente mais estou fazendo por você. Infinitamente mais estou movendo em você. Estou te ensinando a

Ludmila Ferber

Ouço Deus Me Chamar

Alta madrugada vai Já estou deitado, mas ouço Deus me chamar Sua voz suave é como um sussurro Ouço Deus me chamar Meu coração se aperta, eu ando tão cansado Tenho trabalhado tanto Meu coração se aperta ao ouvi-lo me chamando Me chamando, me chamando Me chamando, me chamando,

Ludmila Ferber

A Decisão

Se tão somente eu tocar na orla do Seu manto eu sei que a cura sobre mim virá Se tão somente eu tocar em Ti, Se tão somente eu Te contemplar Diante de Tua face, ó Deus, me rendo, me rendo Chegou a hora de me

Ludmila Ferber

Buscar Tua Face É Preciso

Quando tudo parece estranho ao redor Buscar tua face é preciso, Deus Quando a gente não sabe o que está ocorrendo Buscar tua face é preciso, Deus Quando a fúria dos ventos vem contra nós E a vontade é sumir e calar a voz É nessa hora

Ludmila Ferber

A Doçura do Teu Falar (part. Ana Paula Valadão)

A doçura do Teu falar A doçura do Teu olhar Amoleceu a dureza Do meu coração Não há nada tão doce assim Quando falas e olhas pra mim Tanto amor meu Senhor me constrange Me derreto por dentro de mim Fala comigo Eu preciso ouvir Tua voz Olha pra mim Eu preciso

Ludmila Ferber

O Mover do Espírito

O Espírito Santo se move em você O Espírito Santo se move em você Quero que valorize o que você tem Você é um ser, você é alguém Tão importante para Deus Nada de ficar sofrendo angústia e dor Neste teu complexo inferior Dizendo às vezes que não

Ludmila Ferber

Ainda É Tempo

Ainda é tempo de voltar Ainda é tempo de recomeçar Ainda é tempo, Ainda é tempo Retoma de onde houve um abalo Retoma de onde houve uma queda Retoma de onde houve uma derrota Retoma o teu caminho Retoma o teu lugar A porta permanece ainda aberta Não fique esperando

Ludmila Ferber

Canção do Amigo

Se precisar de um amigo Olha pra dentro de mim Podes errar e magoar Mas estou aqui Pra te ajudar Sou teu amigo até o fim O verdadeiro amigo Sabe o valor do perdão Porque amar e perdoar São da mesma Essência e raiz Vêm das fontes Eternas de Deus Amigo se faz Em tempos

Ludmila Ferber

Ao Teu Encontro

Alta madrugada vai Já estou deitado mas Ouço Deus me chamar Sua voz suave é como um sussurro Ouço Deus me chamar Meu coração se aperta Eu ando tão cansado Tenho trabalhado tanto Meu coração se aperta ao ouvi-lo Me chamando, me chamando Me chamando, me chamando, me chamando Eu vou, já

Ludmila Ferber

Unção Sem Limites

Tomo os teus olhos, ponho em ti a minha visão Tomo tua boca, profetiza, filho do homem Tomo o teu coração e derramo a unção sem limites Tomo o teu ser: Levanta-te, levanta-te! Diz o Senhor Te chamei filho meu para ser vencedor Te tirei por

Ludmila Ferber

Maior é Jesus

Tudo o que Jesus conquistou na cruz É direito nosso É nossa herança Todas as bênçãos de Deus pra nós Tomamos posse é nossa herança Toda vida, todo poder Tudo o que Deus tem para dar Abrimos nossas vidas pra receber Nada mais nos resistirá. Maior é o que está