Menu

Te Procurava de Novo


Alta madrugada de domingo pra segunda
É dessa vez não vou querer sair
Um ano envenenado descobri a minha cura
É como é bom ter você por aqui

Eu era o tipo de pessoa que brigava à toa
E na mesa de um bar virava outra pessoa
Que beijava bocas
E de vez em quando me amarrava em um corpo, achava que tava gostando

Mas que sorriso é esse cê tem
E eu me achava que não precisava de ninguém
Tô me sentindo tão bem, tão bem

Olha eu andando de mão dada no meio do povo
Aonde é que você tava esse tempo todo?
Se eu não tivesse te encontrado eu juro que te procurava
De novo, de novo, de novo

Comentários

comentários