Menu

Nana Caymmi - Letras e Músicas

Nana Caymmi

Resposta ao Tempo

Batidas na porta da frente É o tempo Eu bebo um pouquinho Pra ter argumento Mas fico sem jeito Calado, ele ri Ele zomba Do quanto eu chorei Porque sabe passar E eu não sei Num dia azul de verão Sinto o vento Há folhas no meu coração É o tempo Recordo um amor que

Nana Caymmi

Só Em Teus Braços

Sim, promessas fiz Fiz projetos Pensei tanta coisa E vem o coração E diz: "Que só em teus braços, amor Eu ia ser feliz"... Eu tenho este amor para dar O que é que eu vou fazer Eu tentei esquecer e prometi Apagar da minha vida este sonho E vem o coração E

Nana Caymmi

Sodade Meu Bem, Sodade

Sodade meu bem sodade Sodade do meu amor Foi-se embora Não disse nada Nem uma carta deixou E os óio da cobra verde Hoje foi que arreparei Se arreparasse a mais tempo Não amava quem amei Quem levou o meu amor Deve ser um meu amigo Levou pena deixou glória Levou trabaio consigo E

Nana Caymmi

Dois Corações

De que é feito o amor? Dizem que o amor é paz O que o amor me deu Ninguém vai me tirar O meu amor só crê Nas visões que o amor me dá Se uniu dois corações Não vai mais separar Uniu dois mundos em vidas tão separadas Juntou

Nana Caymmi

A Noite do Meu Bem

Hoje eu quero a rosa mais linda que houver E a primeira estrela que vier Para enfeitar a noite do meu bem Hoje eu quero paz de criança dormindo E o abandono de flores se abrindo Para enfeitar a noite do meu bem Quero a alegria de

Nana Caymmi

Onde Você Estiver

Onde você estiver não se esqueça de mim Com quem você estiver não se esqueça de mim Eu quero apenas estar no seu pensamento Por um momento pensar que você pensa em mim Onde você estiver não se esqueça de mim Mesmo que exista outro amor

Nana Caymmi

De Volta ao Começo

E o menino com o brilho do sol na menina dos olhos Sorri e estende a mão entregando o seu coração E eu entrego o meu coração E eu entro na roda e canto as antigas cantigas de amigo irmão As canções de amanhecer lumiar

Nana Caymmi

Só Louco

Só louco! Amou como eu amei Só louco! Quis o bem que eu quis... Ah! insensato coração Porque me fizeste sofrer Porque de amor para entender É preciso amar, porque... Só louco! Amou como eu amei Só louco! Quis o bem que eu quis... Ah! insensato coração Porque me fizeste sofrer Porque de amor para

Nana Caymmi

Contrato de Separação

Olha, essa saudade Que maltrata o meu peito É ilusão E por ser ilusão é mais difícil de apagar Ela vai me consumindo lentamente Ela brinca com meu peito E leva sempre a melhor Eu quis fazer com ela um contrato de separação Negou-se, então, a aceitar Sorrindo da minha

Nana Caymmi

Dom de Iludir

Não me venha falar na malícia De toda mulher Cada um sabe a dor e a delícia De ser o que é Não me olhe Como se a polícia andasse atrás de mim Cale a boca e não cale na boca Notícia ruim Você sabe explicar Você sabe entender tudo

Nana Caymmi

Saudade de Amar

Saudade Daquele romance que a gente viveu. Saudade do instante, em que eu te encontrei. Saudade, do imenso desejo que a gente perdeu. Eu tenho é muita saudade, Do tempo que amei Saudade, da força que tinha o meus olhos nos teus Eu vivo a mercê das lembranças, Depois

Nana Caymmi

Flor da Noite

Dorme, tudo dorme Sobre o mundo cai o véu Veste o infinito Véu da noite, cai do céu Se outro alguém te lembrar de nós dois Não diz pra esse alguém O que passou e ficou pra depois Seja o que for além De mim Ninguém Assim Sonha, tudo sonha O universo vai

Nana Caymmi

Eu Quero Estar Com Você

Eu quero estar com você Até nós sermos um só Até meu corpo saber o seu de cor Eu quero estar com você Até jamais saciar Até ninguém me querer Até ninguém mais te olhar Até a gente viver Até poder sonhar Eu quero estar com você Até nem sermos mais

Nana Caymmi

Suave veneno

Vivo encantado de amor Inebriado em você Suave veneno que pode curar Ou matar sem querer por querer Essa paixão tão intensa Também é meio doença Sinto no ar que respiro Os suspiros de amor com você Suave veneno você Que soube impregnar Até a luz de outros olhos Que busquei nas

Nana Caymmi

Olhos Negros

Olhos negros Negros são os breus se não são meus ao meu olhar Olhos negros Por não serem meus serão do mar Mares negros Mares negros Eu te mergulhei, por serem bons de navegar Barcos negros Velas, ventos, naus a me levar Olhos negros Diz quem é você Não me negue o

Nana Caymmi

Mudança dos Ventos

Ah, vem cá, meu menino Pinta e borda comigo Me revista, me excita Me deixa mais bonita Ah, vem cá, meu menino Do jeito que imagino Me tira essa canseira Me tira essas olheiras De esperar tanto tempo A mudança dos ventos Pra me sentir com forças Prá me sentir mais moça Ah,

Nana Caymmi

Tu sais je vais t’aimer (Eu sei que vou te amar)

Tu sais, je vais t'aimer Même sans ta présence, je vais t'aimer Même sans espérance, je vais t'aimer Tous les jours de ma vie Dans mes poèmes, je t'écrirai: "C'est toi que j'aime, c'est toi que j'aimerai Tous les jours de ma vie" Tu sais, je vais pleurer Quand

Nana Caymmi

COPACABANA

Copacabana Nana caymmi Existem praias tão lindas, cheias de luz, Nenhuma tem o encanto que tu possues, Tuas areias, teu céu tão lindo, Tuas sereias, sempre sorrindo, Copacabana princesinha do mar, Pelas manhãs tu és a vida a cantar, E a tardinha o sol poente, Deixa sempre uma saudade, Na gente Copacabana

Nana Caymmi

Se Queres Saber

Se queres saber Se eu te amo ainda Procura entender A minha mágoa infinda Olha bem nos meus olhos Quando eu falo contigo E vê quanta coisa Eles dizem que eu não digo O olhar de quem ama diz O que o coração não quer Nunca mais eu serei feliz Enquanto vida