Menu

O Terno - Letras e Músicas

O Terno

Volta

Vem, volta Que eu estou te esperando desde que eu nasci Minha vida pro momento que eu te conheci E o amor que eu guardava, eu guardei pra você Vai, corre Vai buscar aquilo que vai te fazer feliz E então volta pro meu lado pra gente

O Terno

Deixa Fugir

Deixa fugir Ela não quer ficar aqui com você Ela provou do mundo além dessa porta E já não importa o que tente dizer Vai ser feliz Ela sem dúvida nenhuma está sendo O mundo dela esteve sempre crescendo Quem é você pra impedir? O que passou Ficou marcado e

O Terno

Ai, Ai, Como Eu Me Iludo

Ai, ai, como eu me iludo Dessa vez eu viajei Meu Deus confundi tudo Nossa como eu vacilei Porque eu já fiz isso milhares de vezes Como é que eu nunca aprendi A não gostar das pessoas tão rápido assim Ai, ai, como eu me iludo Dessa vez eu

O Terno

Eu Vou Ter Saudades

É, você foi embora Não entendi bem na hora Me vi sozinho Agora eu vou ter saudades de você Juntos por todo esse tempo Às vezes eu me lamento Eu fui feliz do seu lado Eu vou ter saudades de você De madrugada na cama Vejo que não adianta Querer esquecer

O Terno

Culpa

Parece que eu fico o tempo todo culpado Com culpa eu não sei do quê Quem vai me desculpar se eu não fiz nada de errado? Que mais que eu posso fazer? Será que as coisas que eu faço Penso que não têm problema Na verdade são

O Terno

Lua Cheia

Acho que algum feiticeiro Jogou uma praga qualquer sobre mim Sinto-me alucinado Sonhando acordado algum sonho ruim Vejo os planetas colidirem no universo Em plena noite de São Paulo Em cor e forma surreal Lua Cheia Conjunção Astral A superfície da terra Exala um calor que me deixa febril Olhos refletindo marte O caos do

O Terno

Depois Que A Dor Passar

E depois que a dor passar Poder abrir o olho e ver tudo igual E tudo aquilo que você pensou ter acabado está a salvo As coisas não estão tão mal assim E até que enfim Você pode chegar em casa tarde e reparar Que o coração

O Terno

Eu Não Preciso de Ninguém

Eu não preciso de ninguém Eu não preciso de ninguém E é só comigo que eu preciso me dar bem Eu não preciso de ninguém Eu não preciso de ninguém Já sei fazer meus afazeres muito bem O Zé que era um cara bacana Matou a esposa e

O Terno

Melhor Do Que Parece

Eu ando muito insatisfeito Nada me agrada mais Eu não consigo ouvir um disco Ou ver um filme e Um livro, eu claramente não vou ler Vou procurar em todo canto até Achar onde eu perdi Minha vontade, o meu desejo Ou o prazer de conseguir E a paciência que

O Terno

Zé, Assassino Compulsivo

Zé não era aquele cara que só faz o bem Era alegre e bonito, mas tem um porém Ele era um assassino compulsivo, é Enforcou sua coleguinha quando era do pré Mas que belo assassino que Zé se tornou Sempre alegre a cantar, a colega ele

O Terno

Não Espero Mais

Quanto tempo eu esperei alguém Eu andava sem ter direção Inventei caminhos, me perdi Me encontrei quando te conheci Eu tenho um tipo de certeza com você que me faz bem Eu sei que estou apaixonado E que você me quer também Mal posso crer mas acho que

O Terno

O Orgulho e o Perdão

Me desculpe, meu amor Mas não posso te perdoar Meu coração é grande até demais Mas o que você me fez, não se faz Me desculpe, meu amor Mas não posso te perdoar Meu coração é grande até demais Mas o que você me fez, não se faz Ai

O Terno

Vamos Assumir

Tanta gente sofrendo sozinha Tanta gente sofrendo a dois Esperando fazer com que a vida Seja idêntica ao que se sonhou A gente tem tempo Mas o pensamento Viaja mais rápido que a nossa ação E a gente machuca E é machucado Apegado à uma ilusão E eu fiz de tudo

O Terno

Quando Estamos Todos Dormindo

Todo dia a gente pensa que dorme Mas ninguém sabe o que acontece Quando estamos todos dormindo As pessoas deixam as suas camas E em conjunto seguem marchando Para um ponto desconhecido Onde todos encontramos com um ser superior Que nos mostra melodias que não podemos compor E nos

O Terno

Eu Tomei Coca, Você Encheu a Cara

Você me pergunta porque que eu não bebo Eu gosto de coca, eu acho gostoso Não vejo motivo pra sempre ficar muito louco Ainda se não fosse coisa rotineira Não acho problema, não vejo besteira Mas você ta sempre beaco a semana inteira Eu vejo você acordar

O Terno

Pela Metade

Tô precisando fazer diferente Pra que ficar gostando de você assim tão quieto? Eu já falei disso pra tanta gente Mas se eu não falo pra você Como é que você vai saber? E eu resolvi que daqui por diante Meu bem eu falo tudo pra você E

O Terno

66

Me diz meu Deus o que é que eu vou cantar Se até cantar sobre Me diz meu Deus o que é que eu vou cantar? já foi cantado por alguém E além do mais tudo que é novo hoje em dia falam mal Então não

O Terno

A História Mais Velha Do Mundo

O que a gente quer é gostar de alguém E quer que esse alguém Goste da gente também É a história mais velha do mundo Um destino que foi desenhado O que mais alguém pode querer Além de amar e ser amado?

O Terno

Eu Confesso

Eu confesso Que gosto das moças do bairro onde eu moro Do estilo indie-hippie-retrô-brasileiro Que habitam os bares e ruas daqui E eu não quero deixar ninguém ver que eu sou mesmo O que pensam de mim quando me veem na rua Classe média enjoada com pinta

O Terno

Quando a vida dá um nó Não adianta sentir dó De si mesmo Há uma chance de um novo começo Um tempo bom pra fazer diferente A gente pensa que sabe da gente Mas nunca é tarde pra abrir nossa mente Quando a vida dá um nó Não adianta