Menu

Odair José - Letras e Músicas

Odair José

Cadê Você?

O tempo vai O tempo vem A vida passa E eu sem ninguém Cadê você? Que nunca mais apareceu aqui Que não voltou pra me fazer sorrir Que nem ligou Cadê você? Que nunca mais apareceu aqui Que não voltou pra me fazer sorrir Então, cadê você? Mas não faz mal Pois eu me

Odair José

Minhas Coisas

As minhas coisas de repente estão tristes Compreenderam que não existe nada mais entre nos Meu violão caiu de cima do armario Suas cordas arrebentaram dando adeus a minha voz O meu casaco com voce se acostumou sentiu tanto a sua falta que de tristeza

Odair José

Não Se Vá

não se vá, eu já não posso suportar essa minha vida de amargura; não se vá, estou partindo porque sei que você já não mais me ama. não se vá, o seu ciúme é o culpado dessa minha desventura; não se vá, o nosso amor não é mais

Odair José

Tentei Te Esquecer

Tentei te esquecer Mas não vejo saída Não sei tirar você de tudo Que eu tenho na minha vida. (2x) Eu vejo teu rosto em cada pessoa que passa na rua Em todos lugares, em todos os bares no brilho da lua Meus olhos procuram achar seu

Odair José

Eu Vou Tirar Você Desse Lugar

Olha, a primeira vez que eu estive aqui Foi só pra me distrair Eu vim em busca do amor Olha, foi então que eu lhe conheci Naquela noite fria Em seus braços, meus problemas esqueci Olha, a segunda vez que eu estive aqui Já não foi pra distrair Eu

Odair José

Cristo, Quem É Você?

Na sexta-feira Santa, eu lhe procurei Fui na sua casa, mas lá não lhe encontrei. Saindo pela rua, falei com tanta gente E dentro desse povo, você vive presente. Minha mãe dizia, "Filho pode esperar Ele um dia volta e o mundo vai salvar." Pra onde você

Odair José

Uma Vida Só (Pare de Tomar a Pílula)

Já nem sei há quanto tempo Nossa vida é uma vida só E nada mais Nossos dias vão passando E você sempre deixando Tudo pra depois Todo dia a gente ama Mais você não quer deixar nascer O fruto desse amor Não entende que é preciso Ter alguém em nossa vida Seja

Odair José

Nunca mais

Nunca mais Eu agora sou bem diferente Não se assustem e nem se preocupem Sou o mesmo de antigamente Só que agora nada mais me encuca Encontrei uma pessoa amiga Ensinando as coisas boas da vida E os meus traumas fui deixando pra trás E o meu passado não

Odair José

A Noite Mais Linda Do Mundo (A Felicidade)

Vamos fazer dessa noite A noite mais linda do mundo Vamos viver nessa noite A vida inteira num segundo Felicidade Não existe O que existe na vida São momentos felizes Vamos fazer dessa noite A noite mais linda do mundo Vamos viver nessa noite A vida inteira num segundo Felicidade Não existe O que existe

Odair José

Deixe Essa Vergonha De Lado

Eu já sei que essa casa onde você diz morar Onde todo dia no portao eu venho lhe esperar não é a sua casa Eu já sei que o seu quarto fica lá no fundo E se você pudesse fugir desse mundo e nunca mais voltar Eu

Odair José

Vou Tirar Você Deste Lugar

Eu vou tirar você deste lugar Olha... A primeira vez que eu estive aqui Foi só pra me distrair Eu vim em busca do amor Olha.. Foi então que eu te conheci Naquela noite fria Em seus braços meus problemas esqueci Olha... A segunda vez que eu estive aqui Já não foi

Odair José

Não Chore

Não chore Se eu não fui bom pra você Juro que foi sem querer Eu não queria magoar Perdoa esse meu jeito de amar Com é que eu pude deixar Que você fosse me abandonar Esqueça tudo que aconteceu Você é minha, eu sou teu Você não pode negar Não pode Tudo

Odair José

Que Saudade de Você

Está fazendo tanto tempo que eu não te vejo Você não imagina como eu ando triste Mas qualquer dia desses a gente se encontra Pra falar do passado e do que ainda existe Que saudade de você! Que saudade de você! Às vezes eu me lembro das

Odair José

Planta sem raiz

Não chore, não pense Eu estou aqui E daqui não saio Sem você Hoje eu sei O que ontem passei Longe sem te ver Só agora eu fui Compreender Que sem você Sou planta sem raiz Veja que a saudade Superou toda maldade Vem comigo ser feliz E pra começar Eu já terminei De pensar nos dias De

Odair José

Esta Noite Você Vai Ter Que Ser Minha

Quero ver no seu rosto o meu sorriso alegre Quero esquecer da vida pra viver o amor Lá fora a chuva está caindo e não vai parar Minha vida pode ter fim Quando o dia chegar Não precisa dizer nada pra não se arrepender Tem certos momentos

Odair José

Na Minha Opinião

Na minha opinião, pra gente ser feliz Pra que fique tudo bem O importante é se entender É preciso ter coragem Pra acabar com esta besteira Fazer festa na esperança Que o amor dure a vida inteira Na minha opinião O importante é se querer Assinar papel pra que Isso não

Odair José

Eu, Você E A Praça

Encostei o meu carro na praça E você, um tanto sem graça, Sorriu pra mim Sem querer eu olhei em seus olhos Sem saber segurei suas mãos E começou assim Um longo silêncio entre nós A sua presença calou minha voz Tanta coisa eu tinha guardado Pra lhe dizer Mas não

Odair José

O Filho De José e Maria

Maria e José se amaram e um lindo menino nasceu Depois eles dois brigaram e o menino sofreu Maria seguiu seu caminho, José voltou pra Belém E o pobre menino sozinho sofreu mais que ninguém Seis meses na casa da mãe, seis meses na casa

Odair José

Boca a Boca

Foi assim Que aconteceu a nossa história de amor Era domingo de sol e calor Eu fui para o clube beber e cantar Bem ali, deitada na grama Tomando um sol Bequíni enrolado igual caracol Eu vi uma linda mulher bronzear Fiquei louco Que coisa gostosa e tão feminina Perdi a

Odair José

Cadeira de rodas

Sentada na porta em sua cadeira de rodas ficava Seus olhos tão lindos sem ter alegria tão triste chorava Mas quando eu passava a sua tristeza chegava ao fim Sua boca pequena no mesmo instante sorria pra mim Aquela menina era a felicidade que eu tanto