Menu

Titãs - Letras e Músicas

Titãs

Epitáfio

Devia ter amado mais Ter chorado mais Ter visto o sol nascer Devia ter arriscado mais E até errado mais Ter feito o que eu queria fazer Queria ter aceitado As pessoas como elas são Cada um sabe a alegria E a dor que traz no coração O acaso vai me

Titãs

Bichos Escrotos

Bichos! Saiam dos lixos Baratas! Me deixem ver suas patas Ratos! Entrem nos sapatos Do cidadão civilizado Pulgas! Que habitam minhas rugas Oncinha pintada Zebrinha listrada Coelhinho peludo Vão se fuder! Porque aqui na face da terra, só bicho escroto É que vai ter Bichos escrotos Saiam dos esgotos Bichos escrotos Venham enfeitar Meu lar, meu jantar Meu nobre paladar! Bichos! Saiam dos

Titãs

Porque Eu Sei Que É Amor

Porque eu sei que é amor Eu não peço nada em troca Porque eu sei que é amor Eu não peço nenhuma prova Mesmo que você não esteja aqui O amor está aqui agora Mesmo que você tenha que partir O amor não há de ir embora Eu sei

Titãs

Pra Dizer Adeus

Você apareceu do nada E você mexeu demais comigo Não quero ser só mais um amigo Você nunca me viu sozinho E você nunca me ouviu chorar Não dá pra imaginar quando É cedo ou tarde demais Pra dizer adeus, pra dizer jamais Às vezes fico assim pensando Essa distância

Titãs

É Preciso Saber Viver

Quem espera que a vida Seja feita de ilusão Pode até ficar maluco Ou morrer na solidão É preciso ter cuidado Pra mais tarde não sofrer É preciso saber viver Toda pedra do caminho Você pode retirar Numa flor que tem espinhos Você pode se arranhar Se o bem e o mal

Titãs

Vossa Excelência

Estão nas mangas Dos Senhores Ministros Nas capas Dos Senhores Magistrados Nas golas Dos Senhores Deputados Nos fundilhos Dos Senhores Vereadores Nas perucas Dos Senhores Senadores Senhores! Senhores! Senhores! Minha Senhora! Senhores! Senhores! Filha da Puta! Bandido! Corrupto! Ladrão! Senhores! Filha da Puta! Bandido! Senhores! Corrupto! Ladrão! Sorrindo para a câmera Sem saber que estamos vendo Chorando que dá pena Quando

Titãs

Família

Família, família Papai, mamãe, titia Família, família Almoça junto todo dia Nunca perde essa mania Mas quando a filha quer fugir de casa Precisa descolar um ganha-pão Filha de família se não casa Papai, mamãe, não dão nem um tostão Família êh! Família ah! Família! Família êh! Família ah! Família! Família, família Vovô, vovó, sobrinha Família,

Titãs

Homem Primata

Desde os primórdios Até hoje em dia O homem ainda faz O que o macaco fazia Eu não trabalhava Eu não sabia Que o homem criava E também destruía Homem primata Capitalismo selvagem Ô! Ô! Ô! Homem primata Capitalismo selvagem Ô! Ô! Ô! Eu aprendi A vida é um jogo Cada um por si E Deus contra todos Você

Titãs

Enquanto Houver Sol

Quando não houver saída Quando não houver mais solução Ainda há de haver saída Nenhuma ideia vale uma vida Quando não houver esperança Quando não restar nem ilusão Ainda há de haver esperança Em cada um de nós Algo de uma criança Enquanto houver sol Enquanto houver sol Ainda haverá Enquanto houver sol Enquanto

Titãs

Televisão

A televisão me deixou burro, muito burro demais (Oh! Oh! Oh!) Agora todas coisas que eu penso me parecem iguais (Oh! Oh! Oh!) O sorvete me deixou gripado pelo resto da vida E agora toda noite quando deito é boa noite, querida Oh! Cride, fala

Titãs

Flores

Olhei até ficar cansado De ver os meus olhos no espelho Chorei por ter despedaçado As flores que estão no canteiro Os punhos e os pulsos cortados E o resto do meu corpo inteiro Há flores cobrindo o telhado E embaixo do meu travesseiro Há flores por todos os

Titãs

Violência

O movimento começou, o lixo fede nas calçadas Todo mundo circulando, as avenidas congestionadas O dia terminou, a violência continua Todo mundo provocando todo mundo nas ruas A violência está em todo lugar Não é por causa do álcool nem é por causa das drogas A violência

Titãs

Os Cegos Do Castelo

Eu não quero mais mentir Usar espinhos que só causam dor Eu não enxergo mais o inferno que me atraiu Dos cegos do castelo me despeço E vou a pé até encontrar Um caminho, o lugar Pro que eu sou Eu não quero mais dormir De olhos abertos me

Titãs

Pro Dia Nascer Feliz

Todo dia a insônia me convence que o céu Faz tudo ficar infinito E que a solidão é pretensão de quem fica Escondido fazendo fita Todo dia tem a hora da sessão coruja Só entende quem namora Agora vão bora Estamos meu bem por um triz Pro dia nascer

Titãs

Marvin

Meu pai não tinha educação Ainda me lembro era um grande coração Ganhava a vida com muito suor E mesmo assim não podia ser pior Pouco dinheiro pra poder pagar Todas as contas e despesas do lar Mas Deus quis vê-lo no chão com as mãos Levantadas pro

Titãs

Go Back

Você me chama Eu quero ir pro cinema Você reclama Meu coração não contenta Você me ama Mas de repente A madrugada mudou E certamente Aquele trem já passou Se passou, passou Daqui pra melhor Foi! Só quero saber Do que pode dar certo Não tenho tempo a perder Só quero saber Do que pode dar certo Não

Titãs

Comida

Bebida é água Comida é pasto Você tem sede de quê? Você tem fome de quê? A gente não quer só comida A gente quer comida, diversão e arte A gente não quer só comida A gente quer saída para qualquer parte A gente não quer só comida A gente

Titãs

Polícia

Dizem que ela existe Pra ajudar! Dizem que ela existe Pra proteger! Eu sei que ela pode Te parar! Eu sei que ela pode Te prender! Polícia! Para quem precisa Polícia! Para quem precisa De polícia Polícia! Para quem precisa Polícia! Para quem precisa De polícia Dizem pra você Obedecer! Dizem pra você Responder! Dizem pra você Cooperar! Dizem pra você Respeitar! Polícia! Para quem precisa Polícia! Para quem precisa De

Titãs

O Pulso

O pulso ainda pulsa O pulso ainda pulsa... Peste bubônica Câncer, pneumonia Raiva, rubéola Tuberculose e anemia Rancor, cisticercose Caxumba, difteria Encefalite, faringite Gripe e leucemia... E o pulso ainda pulsa E o pulso ainda pulsa Hepatite, escarlatina Estupidez, paralisia Toxoplasmose, sarampo Esquizofrenia Úlcera, trombose Coqueluche, hipocondria Sífilis, ciúmes Asma, cleptomania... E o corpo ainda é pouco E o corpo ainda é

Titãs

Sonífera Ilha

Não posso mais viver assim Ao seu ladinho Por isso colo o meu ouvido No radinho de pilha Prá te sintonizar Sozinha, numa ilha... Sonífera Ilha! Descansa meus olhos Sossega minha boca Me enche de luz Sonífera Ilha! Descansa meus olhos Sossega minha boca Me enche de luz... Não posso mais viver assim Ao seu ladinho Por