Menu

Trio Parada Dura - Letras e Músicas

Trio Parada Dura

As Andorinhas

As andorinhas voltaram E eu também voltei Pousar no velho ninho Que um dia aqui deixei Nós somos andorinhas Que vão e quem vem À procura de amor Ás vezes volta cansada Ferida, machucada Mas volta pra casa Batendo suas asas Com grande dor Igual a andorinha Eu parti sonhando Mas foi tudo em vão Voltei

Trio Parada Dura

Homem de pedra

Já fui um grão de areia, todos pisavam em mim Agora resolvi tomar uma decisão Não sou mais grão de areia, virei uma pedra bruta De pedra transformei também o meu coração De pedra muito dura fiz pra sempre meu destino De aço construí minha imaginação O

Trio Parada Dura

Aceita Que Dói Menos (part. Marília Mendonça)

Tô aqui jogado fora Ela não quer mais me ver Vacilei, pisei na bola E ela me deu o fora Tô perdido sem você Quem me amava de verdade Se cansou e bateu asa Já tem alguém que te adora Enquanto busquei lá fora O que eu já tinha em

Trio Parada Dura

Me mata de uma Vez

Me mata de uma vez, que eu prefiro assim Mas não me mate aos poucos, judiando de mim Me mata de uma vez eu até lhe agradeço Porém não me torture por favor eu não mereço Me mata de uma vez, rasgue-me o meu peito Me

Trio Parada Dura

Vivendo Aqui no Mato (part. Zé Neto & Cristiano)

Não troco seu despertador Pelo cantar do galo Não troco seu carro bonito Pelo meu cavalo Não troco seu ar poluído Pelo pó da estrada Aqui não tem trânsito Só tem boiada Nossa céu é limpo E a noite, enluarada Aqui, o nosso alimento É a gente que faz Plantamos de tudo pro

Trio Parada Dura

Boi Tufão

Em um mil e novecentos No estado da Bahia Um ricaço fazendeiro Por nome de Jeremias Leu a sorte do seu filho Com a cigana Maria! Ela disse meu amigo Me corta o coração Mais se veio pra saber Vou lhe dar explicação O seu filho vai morrer Nos chifres do boi

Trio Parada Dura

Telefone Mudo

Eu quero que risque o meu nome da sua agenda Esqueça o meu telefone, não me ligue mais Porque já estou cansado de ser o remédio Pra curar o seu tédio Quando seus amores não lhe satisfaz Cansei de ser o seu palhaço Fazer o que sempre

Trio Parada Dura

Uma Vez Por Mês

Já que eu não tive a sorte De ter você meu bem ao meu lado Eu preciso ser mais forte Para resistir e viver conformado Se é que o destino existe Não foi favorável, para os dias meus Não tive a felicidade De ser o pai dos filhos

Trio Parada Dura

Blusa Vermelha

Quando olho na parede e vejo seu retrato As lágrimas banham meu rosto num pranto sem fim Sento na cama e fico sozinho no quarto Vem a saudade maldita e se apossa de mim Levanto vou no guarda-roupa e abro as portas Vejo a blusa vermelha

Trio Parada Dura

Fuscão Preto

Me disseram que ela foi vista com outro Num fuscão preto pela cidade a rodar Bem vestida igual a dama da noite Cheirando álcool e fumando sem parar Meu Deus do céu diga que isto é mentira Se for verdade me esclareça por favor Daí a pouco

Trio Parada Dura

Último Adeus

Esta é a última vez que lhe vejo Somente vim dizer adeus e partir Não vou nem sequer pedir um beijo Sei que seria inútil pedir Não precisa mais virar o rosto Nem tratar-me com desprezo assim Sei que em seu coração tem outro Não existe mais lugar

Trio Parada Dura

Não Quero Piedade

Por favor não venha com mentiras pelo amor de Deus As mentiras e falsas promessas me fazem chorar Se você não me quer, eu aceito a realidade Prefiro ouvir uma triste verdade Do que mil mentiras para me agradar Você nunca fez um sacrifício pelo nosso

Trio Parada Dura

Barco de Papel

Meu grande amor, somos dois barcos tristes Que navegamos sempre em ondas fortes Porque seguimos rumos diferentes Um vai pro sul e o outro vai pro norte Pra onde vamos não existe porto Pro mar da vida somos clandestinos Dois condenados a morrer de amor Na tempestade do

Trio Parada Dura

Espinho Na Cama

Já é madrugada e o sono não chega Me viro na cama pra lá e pra cá Fumo um cigarro e outro cigarro Sentindo a saudade no peito a queimar Deito e me levanto, me levanto e deito A noite pra mim é um martírio profundo O

Trio Parada Dura

Castelo de amor

Num lugar longe, bem longe, lá no alto da colina, Onde vejo a imensidão e as belezas que fascina, Ali eu quero morar juntinho com minha flor Ali quero construir nosso castelo de amor. Quando longe, muito longe surge o sol no horizonte Fazendo rajas no

Trio Parada Dura

Dama Entre Aspas (part. Eduardo Costa)

Com o rosto triste por de traz da maquiagem Onde ela tenta esconder imensa dor Vestido longo, transparente e sensual Sobre a luz negra de um salão multi cor E fim de noite e a boate esta vazia E a cidade já começa despertar Todos os boêmios

Trio Parada Dura

Luz da Minha Vida

Luz da minha vida mulher adorada dona dos meus beijos Volte aos meus braços suplico chorando em nome do amor Serei seu marido, amante ou escravo que você quiser O que eu não posso é continuar neste mundo de dor Sem você comigo a vida

Trio Parada Dura

Folia de Reis

Deus que salve a casa santa onde Deus fez a morada Onde Deus fez a morada a, a, a, a, a Onde mora o cálice bento e a hóstia consagrada E a hóstia consagrada a, a, a, a, a Os Três Reis tiveram a notícia

Trio Parada Dura

Avião das Nove

Já comprei passagem para ir embora Só me resta agora apertar-te a mão Se já me trocastes por um outro alguém Já não me convém ficar aqui mais não Levo comigo deste amor desfeito Solidão, despeito e cruel desgosto No avião das nove partirei chorando Por deixar quem

Trio Parada Dura

Passa Lá

Por que você não passa lá? Por que você não passa lá? Você sabe onde me encontra Você tem meu endereço Mas você não passa lá Fiz uma cama redonda Coloquei colchão d'água com luz negra a girar Fiz um quarto espelhado Pra te ver de todo lado, quando