Menu

Ultraje a Rigor - Letras e Músicas

Ultraje a Rigor

Inútil

A gente não sabemos escolher presidente A gente não sabemos tomar conta da gente A gente não sabemos nem escovar os dente Tem gringo pensando que nóis é indigente Inútil! A gente somos inútil Inútil! A gente somos inútil Inútil! A gente somos inútil Inútil! A gente somos inútil A gente faz carro

Ultraje a Rigor

Sexo

Sexo! Sexo! Como é que eu fico sem Sexo? Eu quero Sexo! Me dá Sexo! Hoje vai passar um filme na TV Que eu já vi no cinema Êpa! Mutilaram o filme Cortaram uma cena... E só porque Aparecia uma coisa Que todo mundo conhece Se não conhece Ainda vai conhecer E não tem

Ultraje a Rigor

Eu Me Amo

Há quanto tempo eu vinha me procurando Quanto tempo faz, já nem lembro mais Sempre correndo atrás de mim feito um louco Tentando sair desse meu sufoco Eu era tudo que eu podia querer Era tão simples e eu custei pra aprender Daqui pra frente nova vida

Ultraje a Rigor

Ah, Se Eu Fosse Homem

Ah, se eu fosse homem de ouvir meu coração e dar vazão não à razão, mas à vontade de mudar a situação e me arriscar, me machucar mas mandar tudo para o ar só pra ficar com uma mulher ou pra fazer o que

Ultraje a Rigor

Ciúme

Eu quero levar uma vida moderninha Deixar minha menininha sair sozinha Não ser machista e não bancar o possessivo Ser mais seguro e não ser tão impulsivo Mas eu me mordo de ciúme Mas eu me mordo de ciúme Meu bem me deixa sempre muito à vontade Ela

Ultraje a Rigor

Independente Futebol Clube

Eu não sou seu Eu não sou de ninguém Você não é minha Eu não tenho ninguém Nós somos livres Independente Futebol Clube Você não manda em mim Eu não mando em você Eu só faço o que eu quero Você só faz o que quer Nós somos livres Independente Futebol Clube Se

Ultraje a Rigor

Nós Vamos Invadir Sua Praia

Daqui do morro dá pra ver tão legal O que acontece aí no seu litoral Nós gostamos de tudo, nós queremos é mais Do alto da cidade até a beira do cais Mais do que um bom bronzeado Nós queremos estar do seu lado Nós tamo entrando

Ultraje a Rigor

Zoraide

Já não sei se te quero Acho que não quero Me cansei de namorar Essa história de uma só Zoraide tenha dó Eu quero mais é variar Fica com esse NHÉM-NHÉM-NHÉM Na minha orelha Me chateia Eu já não agüento mais Quero fazer o que me der na telha Zoraide, vê se

Ultraje a Rigor

Filha da Puta

Morar nesse país É como ter a mãe na zona Você sabe que ela não presta E ainda assim adora essa gatona Não que eu tenha nada contra Profissionais da cama Mas são os filhos dessa dama Que você sabe como é que chama Filha da puta É tudo filho

Ultraje a Rigor

Terceiro

Todo equipado, preparado na linha de partida Daqui a pouco vai ser dada a saída Todo mundo nervoso e eu não tó nem aí (O importante é competir!) Então tá, vamo lá, nem vou me preocupar Já tá tudo armado pra eu me conformar Eu vou

Ultraje a Rigor

Marylou

Eu tinha uma galinha Que se chamava Marylou Um dia fiquei com fome E papei a Marylou Marylou! (Marylou!) Marylou! (Marylou!) Tinha cara de babaca Marylou! (Marylou!) Marylou! (Marylou!) Botava ovo pela cloaca Eu tinha uma vaquinha Que se chamava Sara Lee Um dia fiquei com fome E papei a Sara Lee Sara Lee! (Sara

Ultraje a Rigor

Me Dá Um Olá

Me dá um olá Me manda um oi Onde cê está? Onde é que foi? Que eu estou no ar Sem saber Como cê está Cadê você? Cê não podia Ter sumido assim Cê sabe onde eu estou Liga pra mim Quem sabe um dia desses Sua auto-estima baixa Nossas agendas batem E a gente se

Ultraje a Rigor

Rebelde Sem Causa

Meus dois pais me tratam muito bem (O que é que você tem que não fala com ninguém?) Meus dois pais me dão muito carinho (Então porque você se sente sempre tão sozinho?) Meus dois pais me compreendem totalmente (Como é que cê se sente, desabafa

Ultraje a Rigor

O Chiclete

O chiclete que você mastiga não é igual ao meu O chiclete que você mastiga não é igual ao meu O chiclete que você mastiga não é igual ao meu O chiclete que você mastiga não é igual ao meu Enche a boca de ar Depois

Ultraje a Rigor

Nada a Declarar

Eu tô sentindo que a galera anda entendiada Não tô ouvindo nada, não tô dando risada E aê, qual é? Vamô lá, moçada! Vamô mexe, vamô dá uma agitada! Esse nosso povo anda tão chutado Quando não é um vereador roubando, é um deputado Eu quero me

Ultraje a Rigor

Preguiça

Eu tenho preguiça de me acordar Preguiça de me levantar Eu tenho preguiça de me esforçar Preguiça de ir trabalhar Preguiça Moleza, uô, uô Eu tenho preguiça de pensar Preguiça de raciocinar E eu tenho preguiça de estudar E me formar Eu tenho uma preguiça Gigantesca, uô Gigante pela própria natureza eu tenho uma

Ultraje a Rigor

Eu Gosto De Mulher

Vou te contar o que me faz andar Se não é por mulher não saio nem do lugar Eu já não tento nem disfarçar Que tudo que eu me meto é só pra impressionar Mulher de corpo inteiro Não fosse por mulher eu nem era roqueiro Mulher

Ultraje a Rigor

Giselda

Ououououououou Giselda! Ououououououou Giselda! Ouououo Giselda! Ouououo Giselda! Ououououououou Giselda! 'Cê fica dando sopa e eu não ganho nem uma colherinha Só quero um pedacinho mas você me dá uma migalhinha Eu nem sou de comer tanto Só você eu almoço e janto Ououououououo Giselda 'Cê fica dando bola mas

Ultraje a Rigor

Pelado

Que legal nós dois Pelados aqui Que nem me conheceram O dia que eu nasci Que nem no banho Por baixo da etiqueta É sempre tudo igual O curioso e a xereta Que gostoso, sem frescura Sem disfarce, sem fantasia Que nem seu pai, sua mãe Seu avô, sua tia Proibido pela censura O

Ultraje a Rigor

Mim Quer Tocar

Dinhero!; Dinhero!; Dinhero!; Dinhero!; Mim quer tocar Mim gosta ganhar dinheiro (dinhero!) Me want to play Me love to get the money (the money!) Mim é brasileiro Mim gosta banana (banana!) Mas mim também quer votar Mim também quer ser bacana (bacana!) Mim quer tocar Mim gosta ganhar dinhero (dinhero!) Me want