Menu

Zezo - Letras e Músicas

Zezo

Ponta de Faca

Eu queria saber o que faço pra agradar o mundo, se é preciso da murro em ponta de faca ou não, se não devo parar os meus passos na beira do abismo, para ver uma estátua na praça ele era tão bom, não queria saber

Zezo

Eu Duvido

Você pode revirar o mundo, e não vai achar ninguém melhor que eu, Coração ta de ponta-a-cabeça não entende como te perdeu, Tenho a sensação de estar vivendo, uma cena louca em um filme de terror, Sinto que tambem está sofrendo,a mesma saudade o mesmo mal de amor... Eu

Zezo

Diga Pra Mim

Nenhuma carta pra lembrar, E nenhum anjo pra me ajudar, Será que já me esqueceu? Eu não sei, eu preciso só saber... Quantas vezes eu falei, Pra que você não me iludisse tanto assim, Me deixou sempre a sonhar, Fale agora, por favor, fale agora eu preciso só

Zezo

Meu Cenário

Nos braços de uma morena Quase morro um belo dia Ainda mim lembro meu cenário de amor Um lampião aceso o guarda-roupa escancarado Vestidinho amassado debaixo de um batom Um copo de cerveja uma viola na parede e uma rede convidando a balançar Num cantinho da cama um

Zezo

Decida

Sente aqui comigo no sofá E vamos conversar É hora de abrir o jogo Nosso amor está indo Água a baixo Se deixar vira relacho Temporal apaga o fogo Porque você não olha nos meus olhos Seu beijo não tem o mesmo sabor O seu carinho não me faz dormir Nem

Zezo

Senhorita

Minha meiga senhorita eu nunca pude lhe dizer Você jamais me perguntou de onde eu venho e pra onde vou De onde eu venho não importa, já passou O que importa é saber pra onde vou Minha meiga senhorita o que eu tenho é quase nada Mas

Zezo

Lamento Sertanejo

Sou um velho sanfoneiro lá do pé da serra. Só tenho a velha sanfona que restou pra mim. Minha casa já virou tapera já não presta mais Fico esperando e a chuva não cai E a chuva não cai E a chuva não cai. Meu Deus, porque

Zezo

Meu Vício é Você

Meu cigarro É o perfume do mato A bebida É a água da fonte Meu perfume É flor da laranja Jogo apenas o jogo do amor Eu não vou lhe dizer Que não tenho defeitos Mas com eles me arrumo Me acerto, me ajeito Meu problema é um segredo Guardado no peito Que se

Zezo

Dama de Vermelho

Garçom Olhe pelo espelho A dama de vermelho Que vai se levantar Note, que até orquestra Fica toda em festa Quando ela sai para dançar Essa dama já me pertenceu E o culpado fui eu da separação Hoje, choro de ciúme Ciúme até do perfume Que ela deixa no salão Garçom, amigo! Apague a

Zezo

O Vagabundo

Quem importa saber quem sou Nem de onde venho nem pra onde vou Oque que eu quero são seus lindos olhos morena Tão cheios de amor O sol brilha no infito E aquece o mundo aflito Quem importa saber quem sou Nem de onde venho nem pra onde

Zezo

Amor Sem Limite

Quando a gente ama alguém de verdade Esse amor não se esquece O tempo passa, tudo passa, mas no peito O amor permanece E qualquer minuto longe é demais A saudade atormenta Mas qualquer minuto perto é bom demais O amor só aumenta Vivo por ela Ninguém duvida Porque ela é

Zezo

Fiel Como Cão

Nem pra ver o paraíso Nem que eu perca o meu juízo Eu vou voltar pra você Só pra ter tua amizade Nem que eu morra de saudade Eu vou voltar pra você Foi querendo o teu abraço Que eu senti o seu cansaço E o meu coração doeu Foi

Zezo

A Gente Se Merece

Deixa-me mais uma vez Vem repetir tudo que agente já fez Fique aqui, fica comigo Vou dividir esse amor contigo Ah! E amar, e amar, e amar Sonhar, e reviver é melhor que sofrer Te abraçar, te beijar e contigo dormir Te tocar e imaginar que eu nunca

Zezo

Dez a Dez

Eu gosto tanto dessas nossas aventuras Maluquices e loucuras na procura de um sabor Rola de tudo toda vez que a gente deita Nós sabemos a receita das delícias do amor A gente curte tomar banho de champagne Entre nós não há quem ganhe Nosso jogo é

Zezo

De Volta Pro Aconchego

Zezo - De volta pro aconchego Estou de volta pro meu aconchego Trazendo na mala bastante saudade Querendo um sorriso sincero Um abraço Para aliviar meu cansaço E toda essa minha vontade Que bom estar contigo de novo Roçando seu corpo e beijando você Pra mi tu é a estrela

Zezo

Eu Queria Dizer Que Te Amo Numa Canção

Esse amor eu trago em mim Eu não sei se é certo Encontrei o meu jardim em pleno deserto Toda vez que eu tento te falar Não contenho a minha emoção Eu queria dizer que te amo numa canção Já não posso controlar meu sentimento Cada dia aumenta

Zezo

Kriptônia

Não admito que me fale assim Eu sou o seu décimo sexto pai Sou primogênito do teu avô primeiro curandeiro Alcaviteiro das mulheres que corriam sobre teu nariz Me deves respeito pelo menos dinheiro Esse é o cometa flutuante que espatifou Um asteroide pequeno que todos chamam

Zezo

Farrapo Humano

Hoje quem me ve assim Maltrapilha, embriagado Nem sequer pode supor Que fui gente no passado Vivo agora pelas ruas Durmo em banco de jardim So encontro levitivo no balcão de botequim Eu vivo assim cantando Muito mbora tenha fome Eu procuro na bebida esquecer meu proprio nome E a ninguém

Zezo

Pagode Russo

Zezo - Pagode Russo Ontem eu sonhei que estava em Moscou Dançando um pagode russo na boate Kosakou Ontem eu sonhei que estava em Moscou Dançando um pagode russo na boate Kosakou Saia até um frevo naquele cai e não cai Saia até um frevo naquele sai

Zezo

Ninguém É de Ninguém

Moro contigo mas vivendo separado Desamando, desamado, enganando e enganado É como o ditado diz, é como diz o ditado: É melhor viver sozinho do que mal acompanhado 2x Você quer e eu não quero. eu quero e você não quer Nosso relacionamento se parece mas