Menu

Ziza Fernandes - Letras e Músicas

Ziza Fernandes

Alma Missionária

Senhor, toma minha vida nova Antes que a espera desgaste anos em mim Estou disposto ao que queiras Não importa o que seja, Tu chamas-me a servir Leva-me aonde os homens necessitem Tua palavra Necessitem de força de viver Onde falte a esperança Onde tudo seja triste simplesmente

Ziza Fernandes

Prisioneiro do Amor

Ah, como é bom Sentir a doce paz E o amor que suave Me leva a sorrir É, você chegou Qual ladrão me fitou E roubou para si O meu coração E agora sem forças Eu sou prisioneiro Do mais belo amor Do doce Jesus Do meu bem da cruz, Jesus

Ziza Fernandes

O Que Agrada a Deus

O que agrada a Deus Em minha pequena alma É que eu ame minha pequenez E minha pobreza É a esperança cega Que tenho em sua misericórdia

Ziza Fernandes

O Palhaço

Preste atenção nessa história que eu vou te contar. Essa história que eu conto é pra fazer pensar. No altar da Igreja, um belo dia, chega o sacristão com a vassoura, pá e pano pra limpar o chão. E lá chegando encontrou o palhaço a brincar, equilibrando uma

Ziza Fernandes

Fogo Suave

Teus dedos tocam meu pensar Carinho em minh'alma Sossega e acalma Minha vida agitada... Tua presença me acolhe Não vou embora É tua essa hora Estou nascendo... Adorarei, Espírito Santo Fogo Suave e abrasador Doce hóspede da alma... Meus olhos cantam ao chorar Arrependida... Ovelha fugida Querendo voltar Aprecia o canto que eu te dou Colhe as

Ziza Fernandes

Alma de Amigo

Num olhar tu já me conheces bem, No calar tu ja ouves ate o que não digo. És fiel, sinal do céu! Leva-me ao pai com a tua mão. Tua voz com amor vem me dizer Que tu és a ressurreiçao para o meu ser. Teu chorar,

Ziza Fernandes

Me Faz Capaz

Seu olhar me trouxe aqui Já faz tanto tempo que eu me despedi Quis outro caminho pro meu coração Eu quis voar Quero lhe contar por onde andei E o que sobrou de mim Quando eu duvidei Da primeira vez que você me olhou No seu calar entendi Eu vim

Ziza Fernandes

Deixe-me ser

Deixe-me ser pleno de dúvidas Frente as certezas Deixe-me ser fraco, antes forte Razões perdê-las Ser eu mesmo assim Sem querer ser o que não sou Ter nas mãos o poder De meu passo guiar Toda manhã é um milagre Nova esperança De novos olhares se vale Uma criança Hoje não sou o

Ziza Fernandes

Meu Tudo

Senhor Meu Meu Tudo Meu Mestre Te adorarei. Senhor, eu nada sou Em Ti me esconderei.

Ziza Fernandes

Deus me Ama

Deus sabe muito bem Como eu sou E não se impressiona Com o que eu faço Deus sabe muito bem Como estou Lutando pra acertar Em cada passo Conhece bem as noites mal dormidas E as lágrimas tão caras nesta vida Mas há esperança pra quem quer buscar Amor verdadeiro é querer

Ziza Fernandes

Para Ser Amado

Para ser lembrado é bom lembrar Para ser amado é só amar Pra ser esquecido e esquecer É só preciso perdoar Pra ser recebido e passar bem É preciso amigo e querer bem Pra se ter estrada é bom sonhar Um sonho faz gente caminhar Um amigo leva a

Ziza Fernandes

Viver Para Acreditar

Tira as sandálias dos teus pés Pois o solo onde tu pisas, ele é santo...( 2X ) Santo é o lugar por onde hás de andar A cada passo teu , estarei a acompanhar Pisas onde enxergas o meu coração com o teu Cuida de tua

Ziza Fernandes

Respeito

Amo os teus olhos Quando já não posso olhar Torço e me venço Quando não quero mais acreditar Respeitar teu jeito E o teu tempo de crescer Não é sempre como eu quero Mas é como pode ser... Te reconhecer perfeito E com direito de errar Descobrir que há força em

Ziza Fernandes

Recomeçar

Recomeçar a viver Esquecer o que passou Na gratidão aprender Parar pra reconhecer Que o que ficou foi amor Recomeçar a andar Sentir a fé num olhar Só no silêncio entender Que três são um em você E o que sustenta é amor Todo mundo tem direito de errar Mas também tem

Ziza Fernandes

Preço do Amor

Quanto tempo faz Eu já nem me lembro mais Só deitava em teu colo E me sentia mais capaz... Quanta estrada foi Que andamos nesta vida De abraços e encontros De chegadas e partidas... Não existe amor maior Que a coragem de dizer Que um dia, se preciso for Dou minha vida

Ziza Fernandes

Imagino o Paraíso

Tua casa é tão pequena De mobília tão singela Quanto amor há neste céu Que nasceu em santa espera... Tua casa tem janelas Onde posso ver o sol Mas que linda porta tens Dos humildes o farol... Imagino o paraíso Se eu chegar a contemplar Minha mão me convidando É sua casa!

Ziza Fernandes

Tempo de Vitória

Meu Senhor, eu te ofereço a dor, Que existe hoje em mim, que parece não ter fim Meu olhar, sem forças vem Te buscar Em Tuas mãos vou me esconder, pra depois poder nascer Hoje eu sei, eu não vejo nada além Só Tua palavra vem

Ziza Fernandes

Encontro a Sós

Bem nos teus braços quero estar Me refazer Diante das pedras lançadas Não quis errar nem acertar Somente te encontrar Nas portas que eu bati A cada dia que eu viver Eu vou tentar reconhecer A estrada certa Tua verdade quero amar Pagar o preço por pensar E ser sincera Foi devagar que

Ziza Fernandes

Guardião

Eu andava só quando ouvi uma voz me chamar Dizendo: "Filho, necessito lhe falar" Foi difícil de entender aquele gesto inesperado Mas quando percebi estava sendo amado Meu coração se abriu, meus olhos encheram-se de lágrimas E minha boca só dizia : "Eu te amo meu

Ziza Fernandes

Brisa Suave

Brisa Suave (Ziza Fernandes) Vem oh Espírito santo Brisa Suave Refaz meu viver Vem, derrama paz no cansaço Que haja santidade em cada passo Pois só com reta intenção Verei o teu coração Vem e muda o meu coração Quero ver meu tudo em tuas mãos Quero depender só de Ti Tu